Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Suzano registra queda após acordo para venda de fazenda à rival Klabin

13/12/2019 - 13:06
Segundo a Klabin, as florestas servirão para abastecimento de madeira para o primeiro ciclo de produção da nova fábrica de papel da companhia (Imagem: Reprodução/YouTube Klabin)

Por Investing.com 

As ações da Suzano (SUZB3) operam em queda nesta sexta-feira, depois do anúncio da venda de florestas de eucalipto no Estado de São Paulo para a rival Klabin (KLBN11) e queda de mais de 20% no investimento de 2020 em relação aos recursos desembolsados neste ano.

Assim, por volta das 13h01, os papéis tinham queda de 0,46% a R$ 38,99. Já as ações da Klabin registram uma leve alta de 0,32% a R$ 18,80.

A companhia afirmou que vendeu 14 mil hectares de florestas plantadas por cerca de 400 milhões de reais, com pagamento a ser realizado entre 2020 e 2026, dentro de estratégia da companhia deixar sua alavancagem. As florestas são atualmente classificadas como ativo “não operacional da Suzano ”.

Segundo a Klabin, as florestas, que se somam a outras aquisições realizadas nos últimos meses, servirão para abastecimento de madeira para o primeiro ciclo de produção da nova fábrica de papel da companhia, o Puma II, no Paraná. A empresa afirmou que o custo médio total da madeira será “abaixo do previsto inicialmente”, mas não citou valores.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Na visão da XP Investimentos, a reação do mercado deve depender do momento em que esse aumento de capacidade for anunciado. Os analistas esperam reação positiva do mercado, se este anúncio vier em momento de retomada de preços.

Eles destacam ainda que a empresa reduziu as estimativas de investimentos para 2019 em R$200 milhões, realocando esse valor para a projeção de 2020, que ficou em R$4,4 bilhões. Assim, a XP não espera mudança significativa nos indicadores de alavancagem. A recomendação de Compra está mantida, com preço-alvo de R$40.

Última atualização por Diana Cheng - 13/12/2019 - 13:17

Bradesco irá pagar mais R$ 491 milhões em dividendos