Swing trading

Swing Trade: Analistas reconhecem mercado difícil

14 jun 2024, 15:25 - atualizado em 14 jun 2024, 15:25
ibovespa swing trade bb investimentos
Para os analistas do BB Investimentos, estratégia swing trade tem conseguido defender rentabilidade (Imagem: REUTERS/ Carla Carniel)

Para os analistas Rafael Reis e William Bertan, do BB Investimentos, o mercado anda difícil para os compradores, com o Ibovespa (IBOV) abaixo dos 120 mil pontos.

Eles afirmam que, apesar do estado complicado, “a estratégia swing trade tem conseguido com sucesso desempenhar sua proposta de diversificação e assimetria, ao defender a rentabilidade conseguida nos momentos mais propícios do mercado”.

Entre as operações ainda em aberto, está a JBS (JBSS3), que acumula retorno de +27%. Às 15h06 desta sexta-feira (14), os papéis JBSS3 recuavam 1,27%.

“Ela evidencia que mesmo diante de um mercado predominantemente em queda, a diversificação tem importância vital para a captura de papéis que eventualmente estarão vivendo um ciclo distinto, e podem trazer bons ganhos, se a estratégia for respeitada e a tendência for confirmada”, afirmam.

Entre as ações que os analistas saíram recentemente, a que acumulou o maior ganho foi a da B3 (B3SA3). À época, em 23 de janeiro, a ação foi vendida a R$ 13,45. Nesta sexta, os papéis são negociados a R$ 10,28.

Enquanto isso, para a BRF (BRFS3), o preço de venda, que foi de R$ 18,09, é menor do que a cotação atual da ação, de R$18,59.

BB Investimentos comenta ‘ausência’ de stops no Swing Trade

Sobre a ausência de um nível de stop gráfico pré-estabelecido quando do início de uma operação, Reis e Bertan afirmam que o acompanhamento diário da relação entre risco e retorno é realizado, fazendo com que a evolução de uma operação seja acompanhada.

Para eles, “uma vez identificada a confirmação da ausência de tendência, enviamos a comunicação do stop – e esperamos que o investidor acate, e venda o ativo”.

“Neste momento em que estamos fora de praticamente todos os ativos que acompanhamos, podemos acompanhar sem receio qualquer queda que o mercado imprima, sem redução do nosso somatório de retornos de 182% acumulado nas operações já encerradas”, finalizam.

Estagiária
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Apaixonada pela escrita e pelo audiovisual, ingressou no Money Times em 2023.
Linkedin
Jornalista em formação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Apaixonada pela escrita e pelo audiovisual, ingressou no Money Times em 2023.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.