Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Taurus Armas se prepara para distribuir dividendos

Gustavo Kahil
08/11/2021 - 13:37
Taurus Armas, Fuzil T4
A ideia, expõe o texto, é diminuir o capital social e zerar o valor dos prejuízos acumulados de 2015 a 2017 (Imagem: YouTube/Taurus Armas Official)

A Taurus Armas (TASA3; TASA4) pretende voltar a distribuir dividendos aos seus acionistas por meio de uma redução do seu capital social, informa a empresa por meio de um comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira (8).

A ideia, expõe o texto, é diminuir o capital social e zerar o valor dos prejuízos acumulados de 2015 a 2017, o que poderá ser coberto por uma operação meramente contábil (sem desembolso financeiro) envolvendo os valores existentes em caixa.

“Com isso, a Taurus estará pronta para voltar a remunerar seus acionistas com dividendos, conforme firme intenção manifestada por seu CEO em diversas lives e entrevistas desde 2020, e também a galgar novos patamares”, aponta o documento.

Veja a íntegra do comunicado:

A Taurus Armas informou que irá propor, na Assembleia Geral Extraordinária convocada para o próximo dia 30 de novembro, a redução de seu capital social para absorção de parte dos prejuízos acumulados registrados nas Demonstrações Financeiras de 31 de dezembro de 2020.

A empresa esclarece que a medida representa operação meramente contábil a ser realizada e que não envolve qualquer tipo de reembolso a ser realizado aos acionistas ou alteração do número de ações representativas do capital social da Companhia.

A redução dos prejuízos acumulados registrados nas Demonstrações Financeiras resultará em melhoria na percepção e na análise da empresa por parte dos participantes do mercado e a operação está alinhada com os objetivos da Administração de preparar a Companhia para que futuramente possa remunerar seus acionistas.

A redução proposta é de R$ 370.964.873,08 sobre o atual capital social de R$ 673.092.079,61. Assim, o novo capital social passará a ser de R$ 302.127.206,53.

O valor dos prejuízos acumulados é de R$ 704.720.499,14 e, com a proposta, será reduzido a apenas R$ 333.755.626,06, o que poderá ser coberto por uma operação meramente contábil (sem desembolso financeiro) envolvendo os valores existentes em caixa.

O resultado final será a zeragem dos prejuízos acumulados e a reversão completa do cenário negativo dos anos de 2015 a 2017, viabilizada por meio do turnaround implementado a partir de 2018 pela nova gestão da Taurus.

Com isso, a Taurus estará pronta para voltar a remunerar seus acionistas com dividendos, conforme firme intenção manifestada por seu CEO em diversas lives e entrevistas desde 2020, e também a galgar novos patamares, seguindo em direção ao seu objetivo principal de tornar-se a maior e mais rentável fabricante de armas leves do mundo, gerando orgulho e divisas para o Brasil, bem como valor para seus acionistas.

O retorno da empresa à situação de Patrimônio Líquido positivo e o fato de vir a zerar contabilmente os prejuízos acumulados de exercícios anteriores têm importantes e consequentes implicações que poderão fazer uma grande diferença para o futuro da companhia, entre eles a possibilidade de investimento em suas ações por grandes fundos e gestoras de capital nacionais e internacionais, o acesso a financiamentos nacionais e internacionais em condições vantajosas, e eventuais aquisições e/ou novas joint ventures estratégicas.

Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 08/11/2021 - 13:37

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto