Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Taxas do Tesouro Direto iniciam semana sem tendência definida

09/10/2017 - 13:20

As taxas de retorno dos títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto operam sem rumo definido, com fracas variações nesta segunda-feira (9).

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

O Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central, mostrou que os economistas elevaram as projeções para a inflação oficial no país (IPCA) neste ano, de 2,95% para 2,98%. Já para o ano que vem, a mediana recuou de 4,06% para 4,02%. As estimativas para a Selic, por sua vez, permanecem em 7% ao ano tanto para 2017 quanto para 2018.

O mercado de renda fixa também digere o resultado do Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que registrou alta de 0,62% em setembro, ante um aumento de 0,24% em agosto, conforme publicado pela FGV.

Cotações

O título público Tesouro IPCA+ 2024 exibia nesta segunda-feira taxa de rendimento ao ano de 4,62%, a mesma apurada ao fim do dia na sexta-feira. O Tesouro IPCA+ 2026, com juros semestrais, exibia a taxa de 4,75%, ante taxa de 4,77% registrada na sexta-feira. Por sua vez, o Tesouro IPCA+ 2035, com juros semestrais, mostrava taxa de 4,95%, ante taxa de 4,96% na sexta-feira.

Dentre os papéis prefixados, o Tesouro Prefixado 2023 apresentava nesta segunda-feira taxa de retorno de 9,60%, a mesma taxa exibida na sexta-feira.

Títulos públicos

O Tesouro IPCA (antiga NTN-B) proporciona ao investidor uma rentabilidade em termos reais. É um título que paga uma taxa fixa acrescida da variação do IPCA (inflação).

O Tesouro Prefixado (antiga LTN) é um título prefixado, e por isso o investidor tem a exata noção de qual será o retorno obtido desde o dia que efetuar a compra até a data do vencimento do título.

Já o Tesouro Selic (antiga LFT) é um título que proporciona ao investidor uma rentabilidade pós-fixada atrelada à variação da taxa Selic. 

Títulos públicos são ativos de renda fixa que possuem a finalidade de captar recursos para o financiamento da dívida pública e financiar atividades do Governo.

Vale destacar que a taxa de retorno e o preço dos títulos públicos têm comportamento inversamente proporcional, ou seja, quando um sobe o outro cai.

Veja as taxas dos títulos públicos disponíveis para compra nesta segunda-feira:

Preços e taxas dos títulos públicos disponíveis para investir
Título Vencimento Taxa de Rendimento (% a.a.) Valor mínimo Preço unitário
Indexados ao IPCA
Tesouro IPCA+ 2024 (NTNB Princ) 15/08/2024 4,62 R$44,24 R$2.212,48
Tesouro IPCA+ 2035 (NTNB Princ) 15/05/2035 5,06 R$38,01 R$1.267,24
Tesouro IPCA+ 2045 (NTNB Princ) 15/05/2045 5,06 R$30,98 R$774,60
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2026 (NTNB) 15/08/2026 4,75 R$33,03 R$3.303,50
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTNB) 15/05/2035 4,95 R$34,49 R$3.449,74
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTNB) 15/08/2050 5,08 R$34,78 R$3.478,33
Prefixados
Tesouro Prefixado 2020 (LTN) 01/01/2020 8,22 R$33,58 R$839,52
Tesouro Prefixado 2023 (LTN) 01/01/2023 9,60 R$31,03 R$620,71
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2027 (NTNF) 01/01/2027 9,72 R$31,35 R$1.045,26
Indexados à Taxa Selic
Tesouro Selic 2023 (LFT) 01/03/2023 0,01 R$91,37 R$9.137,41

Última atualização por - 05/11/2017 - 13:53

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto