Tempo Real

Tempo Real: Ibovespa (IBOV) tem alta tímida com PETR4 e frigoríficos; VALE3 cai

26 fev 2024, 7:42 - atualizado em 26 fev 2024, 18:33
Ibovespa
Acompanhe o Ibovespa e os mercados em Tempo Real.  (Imagem: Diana Cheng/Money Times)

RESUMO: O Ibovespa (IBOV) abriu a semana em alta, apesar do desempenho fraco dos mercados americanos e da queda firme da Vale (VALE3).

Nesta segunda-feira (26), o Ibovespa encerrou o pregão com valorização de 0,15%, a 129.609,05 pontos. O avanço foi sustentado pelas ações da Petrobras (PETR4), que subiram 1,89%, em linha com o desempenho do petróleo no exterior.

Além disso, os papéis de frigoríficos subiram em bloco, com destaque para JBS (JBSS3) e BRF (BRFS3), sendo que a segunda empresa divulgará o balanço trimestral hoje, após o fechamento do mercado.

  • Os balanços do 4T23 já estão sendo publicados: receba em primeira mão a análise dos profissionais da Empiricus Research e saiba quais ações comprar neste momento. É totalmente gratuito – basta clicar aqui. 

Confira os principais temas do Ibovespa e dos mercados hoje em tempo real



Em meio a rumores de saída do Brasil, AES (AESB3) divulga projeções de investimentos; veja
Em janeiro, o colunista Lauro Jardim informou que a empresa teria contratado os bancos Itaú e Goldman Sachs para vender os seus ativos (Imagem: Site/AES Brasil)

A AES Brasil (AESB3) planeja investir aproximadamente R$ 1,3 bilhão entre 2024 e 2028, mostra projeções divulgadas nesta segunda-feira junto com seu resultado.

Ao todo, o montante serão destinados a:

Leia mais.

BRF (BRFS3) reverte prejuízo do 4T22 e reporta lucro líquido de R$ 754 milhões no 4T23
brf brfs3 (3)
Por fim, o lucro bruto da companhia cresceu 30,9%, avançando de R$ 2,439 bilhões (Imagem: REUTERS/Rodolfo Buhrer)

A BRF (BRFS3) reportou lucro líquido societário de R$ 754 milhões no quarto trimestre de 2023, contra um prejuízo líquido de R$ 956 milhões no mesmo período do ano passado, mostra documento enviado ao mercado nesta segunda-feira (26). É o primeiro lucro após sete trimestres consecutivos de prejuízos.

Segundo a Reuters, analistas previam lucro líquido de R$ 339,57 milhões.

Leia mais.

Petrobras (PETR4) e ArcelorMittal anunciam parceria para estudar negócios em baixo carbono
petrobras-petr4-arcelor-mittal
Parceria entre Petrobras e ArcelorMittal Brasil envolve a avaliação de potenciais modelos de negócio para combustíveis de baixo carbono (Imagem: Agência Petrobras)

A Petrobras (PETR4) anunciou nesta segunda-feira (26) que assinou um memorando de entendimento (MoU) com a ArcelorMittal Brasil.

A parceria visa a realização de estudos sobre potenciais modelos de negócio “mutuamente benéficos na economia de baixo carbono” para ambas as empresas, informou a companhia estatal, em comunicado divulgado ao mercado.

Leia mais.

Fundo imobiliário embolsa mais de R$ 12 milhões com venda no interior de SP
fundos imobiliários fiis ifix índice CSHG Logística HGLG11
Índice de fundos imobiliários abriu a semana em terreno negativo; FII de logística vende terreno no interior de SP (Foto: CSHG Logística/Divulgação)

O índice de fundos imobiliários (Ifix) da B3 abriu a última semana de fevereiro com sinal negativo após uma sequência de máximas históricas.

Ainda assim, o Ifix alcançou na abertura dos negócios desta segunda-feira (26) a maior pontuação de sua história, de 3.363,65 pontos. Contudo, acabou encerrando em queda de 0,33% (após ajustes), aos 3.352 pontos.

Leia mais.

Vale (VALE3) tem licenças de minas reestabelecidas no Pará
vale-vale3
Vale retoma licenças de operação de minas no Pará (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

A Vale (VALE3) informou nesta segunda-feira (26) que as licenças de operação de minas no Pará foram reestabelecidas por decisões liminares proferidas pela 1ª Vara Cível de Canaã dos Carajás e Vara Cível de Ourilândia do Norte.

Na última semana, o governo do Pará suspendeu as licenças das minas Sossego, de cobre, e Onça Puma, de níquel. A Secretaria do Meio Ambiente do Pará (Semas) informou que o motivo por trás da suspensão da mina Sossego estava ligado a um descumprimento de condicionantes ambientais, conforme previsto em lei.

Leia mais.

Efeito Ozempic: Ações da Zealand sobem mais de 30% após anunciar seu remédio para perda de peso
ozempic farmacêuticas buscam concorrentes Zealand Pharma
Em busca de maiores lucros, farmacêuticas buscam nomes para concorrer contra Ozempic (Imagem: Getty Images/Canva)

As ações da Zealand Pharma subiam 32% na Bolsa de Londres nesta segunda-feira (26), após a empresa divulgar os resultados positivos de um medicamento para tratar uma forma de inflamação do fígado, eficaz no tratamento para pessoas com obesidade e semelhante ao Ozempic.

A dinamarquesa se junta a nomes como Novo Nordisk, fabricante do Ozempic e Wegovy, e Eli Lily, fabricante do Mounjaro. Esses dois nomes, conhecidos no mercado por fabricarem medicamentos para perda de peso, apresentaram altas em suas ações de 150% e 170%, respectivamente, no período de um ano.

Leia mais.

Ibovespa (IBOV) contraria queda de VALE3 e avança com apoio de PETR4 e frigoríficos; o que falta para uma alta mais firme?
ibovespa-ibov-acoes-mercados
Ibovespa tem leve alta nesta segunda-feira (26), apesar da queda firme da Vale (Imagem: Reuters/Amanda Perobelli)

O Ibovespa (IBOV) abriu a semana em alta, apesar do desempenho fraco dos mercados americanos e da queda firme da Vale (VALE3).

Nesta segunda-feira (26), o Ibovespa encerrou o pregão com valorização de 0,15%, a 129.609,05 pontos. O avanço foi sustentado pelas ações da Petrobras (PETR4), que subiram 1,89%, em linha com o desempenho do petróleo no exterior.

Leia mais.

Federal Reserve: Corte na taxa de juros pode ser ‘pouco provável’ nos próximos meses, estimam especialistas
Federal Reserve, Taxa de Juros, EUA, Goldman Sachs
Especialistas do Goldman Sachs recuam e apontam junho como o mês em que o Federal Reserve pode cortar a taxa de juros dos EUA (Imagem: REUTERS/Joshua Roberts)

Os economistas do Goldman Sachs reduziram suas estimativas sobre o período em que o Federal Reserve começará a cortar sua taxa de juros. A previsão era de iniciar em maio. No entanto, após analisarem comentários recentes do banco central e da ata da reunião do Fomc de janeiro, os especialistas recuaram.

Segundo comunicado da corretora enviado ao Money Times, a previsão foi mudada para junho, com possibilidade de outras três reduções este ano, sendo estas em julho, setembro e dezembro.

Leia mais.

Índice de fundos imobiliários (Ifix) fecha em queda de 0,37%, aos 3.350 pontos (dados preliminares)

Aguarde mais informações.

Ibovespa (IBOV) fecha em alta de 0,22%, a 129.706,34 pontos, segundo dados preliminares

Aguarde mais informações.

Totvs (TOTS3) que se cuide: Sankhya tem IPO no horizonte e plano ambicioso de faturar R$ 1 bi até 2025; confira
Sankhya
Sankhya, empresa especializada em ERP e concorrente da Totvs, tem IPO no horizonte (Imagem: Divulgação/Sankhya)

Nascida em Uberlândia–MG e fundada pelos irmãos Fábio Túlio e Felipe Calixto, a Sankhya já carrega consigo três décadas no mercado de ERP (sistema integrado de gestão empresarial) e tem no horizonte a abertura de capital da companhia — o famoso IPO.

Concorrente direta da Totvs (TOTS3), a empresa realizou sua convenção anual no último fim de semana, em Uberlândia, onde está localizada sua sede. A convite, o Money Times participou do evento, que contou com a apresentação de números ambiciosos da companhia para os próximos anos.

Leia mais.

Os 2 motivos que explicam alta dos frigoríficos nesta segunda (26), com destaque para JBS (JBSS3)
frigoríficos jbs
Os frigoríficos seguem sendo favorecidos pelos menores preços dos grãos no mercado internacional. importante ativo para as empresas.(Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

A JBS (JBSS3) fechou com a maior alta entre as ações do Ibovespa nesta segunda (26), avançando 4,19%.

As ações da Marfrig (MRFG3), assim como da BRF (BRFS3), que reporta seus resultados do quarto trimestre de 2023 (4T23) hoje, e da Minerva (BEEF3), também avançaram em 3,87%, 3,78% e 2%, respectivamente.

Leia mais.

Os planos da Volkswagen para os R$ 16 bi investidos aqui no Brasil, segundo o CEO Ciro Possobom
Ciro Possobom Volkswagen carros carro elétrico
Ciro Possobom, CEO da Volkswagen do Brasil, destaca que, apesar das dificuldades e do mercado mais contido, vê um cenário otimista e crescente para a setor automotivo. (Divulgação: Volkswagen)

Os últimos anos foram brutais para o setor automotivo: as empresas viram as vendas de carros caírem, enquanto os juros subiam. Além disso, houve uma redução no número de modelos disponíveis, demissões em massa e montadoras deixando o país.

Apesar da turbulência, agora, as companhias de carros vislumbram um cenário econômico melhor, tanto que a expectativa é de que Brasil recebe um total de R$ 41,4 bilhões em investimento da indústria automobilística até 2032.

Leia mais.

Tombo do minério de ferro leva Vale (VALE3) junto nesta segunda (26); novas quedas vêm aí?
vale-vale3-minério-de-ferro
Ação de maior peso do Ibovespa, VALE3 perdia 2,36% por volta das 16h05, negociada a R$ 65,79 (Imagem: REUTERS/Melanie Burton)

A Vale (VALE3) afunda na bolsa nesta segunda-feira (26), pressionada por notícias negativas vindas dos mercados da Ásia.

Ação de maior peso do Ibovespa, VALE3 perdia 2,36% por volta das 16h05, negociada a R$ 65,79. Hoje, os contratos futuros do minério de ferro afundaram para o menor patamar em quatro meses em meio a preocupações crescentes envolvendo a demanda da China.

Leia mais.

Proteção cambial: Governo se junta ao BID e lança programa Eco Invest Brasil
Eco Invest Brasil
BID irá destinar US$ 5,4 bilhões (cerca de R$ 27 bilhões) para fomentar o Programa de Mobilização de Capital Privado e Proteção Cambial (imagem: Getty Images)

O governo anunciou o programa Eco Invest Brasil nesta segunda-feira (26), que tem como objetivo captar recursos estrangeiros para projetos sustentáveis por meio do hedge cambial de longo prazo no Programa de Mobilização de Capital Privado e Proteção Cambial.

  • VOCÊ JÁ DOLARIZOU SEU PATRIMÔNIO? A Empiricus Research está liberando uma carteira gratuita com 10 ações americanas pra comprar agora. Clique aqui e acesse.

O projeto é uma parceria do Ministério da Fazenda com o Ministério do Meio Ambiente e entidades internacionais que integram o Plano de Transformação Ecológica do Brasil.

Leia mais.

M. Dias Branco (MDIA3): Fusões e aquisições à frente? Itaú BBA e a Genial veem bons números no 4T23
m. dias branco mdia3 (1)
BBA destaca impulso construtivo da empresa no curto prazo e Genial enxerga espaço para queda no preço do trigo para a M. Dias Branco (Imagem: YouTube/M. Dias Branco)

Na última sexta-feira (23), a M. Dias Branco (MDIA3) reportou lucro líquido de R$ 342 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), um avanço de 2.105,8% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

Para Lucas Bonventi, da Genial Investimentos, que enxerga a empresa no caminho do sucesso, os destaques ficaram por conta do:

Leia mais.

Itaú (ITUB4) invicto pela segunda semana consecutiva, segundo 7 analistas; veja no que apostar no fim do mês
Itaú
O Itaú está em tendência de alta, segundo análise do PagBank (Imagem: Money Times/ Márcio Juliboni)

Itaú (ITUB4) segue líder na recomendação semanal, de acordo com dados do levantamento feito pelo Money Times, com base em recomendações de sete carteiras divulgadas por bancos e corretoras.

Em análise técnica, o PagBank avalia que ITUB4 está em tendência de alta, encontrando suporte nos R$ 30,44 e, superando esse patamar, deve buscar os R$ 36,51.

Leia mais.

Warren Buffett: Conheça 7 empresas do portfólio do investidor
warren buffett empresa 1 trilhão ações escolhidas
A empresa do megainvestidor, Berkshire Hathaway, apresentou lucro recorde após a divulgação de sua carta anual aos acionistas (Imagem: Reuters/Rick Wilking)

Em sua carta anual aos acionistas da Berkshire Hathaway, o investidor Warren Buffett afirmou que manterá suas posições na American Express (AXPB34) e Coca-Cola (COCA34), reiterando a importância das participações em cinco empresas japonesas e na Occidental Petroleum.

“A lição da Coca-Cola e da AMEX? Quando você encontrar um negócio verdadeiramente maravilhoso, persista nele”, afirmou Buffet.

Leia mais.

Combustíveis, educação e transportes: Veja o que pode acelerar a inflação do IPCA-15 de fevereiro
IPZA-15, Economia, Brasil, IBGE, Inflação
O IPCA-15, a prévia do índice que mede a inflação do país, será divulgado nesta terça-feira (27) (Imagem: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) deve acelerar no segundo mês de 2024 — o dado será divulgado nesta terça-feira (27), às 9h, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Segundo especialistas, passagens aéreas, combustíveis, educação e transportes justificam a freada esperada para fevereiro.

Warren Investimentos projeta uma alta de 0,85% no IPCA-15 de fevereiro e variação de 4,56% em 12 meses. A projeção de 2024 é de 4%, considerando um balanço de riscos baixista. Para 2025, a corretora aposta em 3,5%.

Leia mais.

Executivos da SouthRock, dona da Starbucks Brasil, são investigados pela polícia por estelionato e fraude; entenda
Executivos da SouthRock, dona da Starbucks Brasil, são alvos de investigação (Imagem: Vitalij Sova/Canva Pro)

Executivos da SouthRock, empresa dona do Starbucks Brasil, estão sendo alvos de investigação da Polícia Civil de São Paulo, segundo informações do jornal O Globo. A ação ocorre em meio ao processo de recuperação judicial da cafeteria, que busca reestruturar dívidas de R$ 1,8 bilhão.

De acordo com o jornal, os executivos estão sendo investigados por crimes de estelionato, falsidade ideológica e apropriação indébita contra credores. Destaque para um empréstimo de R$ 75 milhões que teria sido adquirido depois de uma alteração de balanços patrimoniais.

Leia mais.

Fundos imobiliários tiram foco de gigante da Bolsa em operação de quase R$ 800 milhões
Assai 1T22
Índice de fundos imobiliários abre a semana em queda; FIIs vendem imóveis e reduzem exposição em Assaí (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

O índice de fundos imobiliários (Ifix) da B3 abre a semana com viés de correção após ganhos recentes e sucessivas máximas históricas.

Com isso, o Ifix opera em queda no pregão desta segunda-feira (26) e, por volta das 13h55 (de Brasília), recuava 0,25%, aos 3.354 pontos. Contudo, alcançou mais um recorde no começo dos negócios, chegando a 3.363,65 pontos.

Leia mais.

Modelo da China parece perto do esgotamento, vê gestora de Gustavo Franco
China
“Sintoma mais evidente desse impasse é a inflação, que, na variação ano contra ano, mostra uma queda de 0,8%”,  destacam os economistas da gestora (Imagem: Pixabay)

O modelo chinês voltado para a demanda parece estar perto do esgotamento, destaca trecho do consenso de fevereiro da gestora Rio Bravo, do ex-BC Gustavo Franco, obtido com exclusividade pelo Money Times.

De acordo com o documento, assinado por Evandro Buccini, sócio e diretor de gestão de crédito e multimercado, e Luca Mercadante, economista da Rio Bravo, o país mostra dificuldade em convencer que é capaz de se voltar para a oferta.

Leia mais.

Frigoríficos disparam no Ibovespa (IBOV), enquanto Vale (VALE3) está entre os destaques negativos; veja altas e baixas 

Ibovespa (IBOV) opera de lado nesta segunda-feira (26). Por volta de 12h40, o índice recuava 0,08%, negociado a 129,3 mil pontos. Neste mesmo horário, confira as ações que mais subiam e caiam:

MAIORES ALTAS

MAIORES BAIXAS

 

Mercado americano e agenda de indicadores cheia: O que mexe com a renda fixa nesta semana?
renda fixa essa semana
Para a semana é aguardado o Índice de Preços de Gastos com Consumo nos Estados Unidos. (Imagem: Getty Images)

Na semana passada, a curva de juros encerrou próxima à estabilidade, demonstrando uma acomodação no preço dos ativos de renda fixa.

Segundo relatório semanal do time de renda fixa da XP Investimentos, o movimento se deve principalmente pela ata do Federal Reserve, que indicou um tom mais duro e cauteloso.

Leia mais.

G20: Brasil coloca em destaque tributação de ‘super-ricos’ e reforma de instituições financeiras; confira
g20 taxação super ricos reformas internacionais
Haddad, que foi diagnosticado com Covid-19 e participará do evento de forma remota, reafirma importância de taxar “super-ricos”(Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

Na quarta-feira (28), Fernando Haddad, que participará virtualmente das reuniões após ter sido diagnosticado com Covid-19, e Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, iniciarão oficialmente os encontros do G20. Os principais temas do evento são dívida global, reforma de instituições globais, transição energética e a taxação da fortuna de “super-ricos”.

O G20 reúne os países com as maiores economias do mundo, discutindo iniciativas econômicas e sociais para problemas que afetam as nações. Além do Brasil, que preside os encontros em 2024, Argentina, China, Rússia e Estados Unidos também participam.

Leia mais.

BRF (BRFS3) lidera altas do Ibovespa nesta segunda (26); o que esperar do 4T23?
brf ibovespa
Os últimos anos da BRF foram marcados por margens restritas em razão de custos elevados e despesas financeiras altas (Imagem: REUTERS/Rodolfo Buhrer)

Na manhã desta segunda-feira (26), por volta de 11h20, as ações da BRF (BRFS3), que reporta hoje seus resultados do 4T23, subiam 4%, sendo a maior alta do Ibovespa no horário. Logo depois vinham JBS (JBSS3), Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3).

A BRF, que dá largada entre os frigoríficos que vão divulgar seus números neste trimestre, já saltou mais de 115% no último ano, segundo o TradeMap.

Leia mais.

BB Seguridade (BBSE3), Itaú (ITUB4), Vale (VALE3) e outras 7 ações para investir na semana, segundo Mirae
Ações, BB Seguridade, BBSE3, Itaú, ITUB4, Vale, VALE3, Carteira Recomendada
A carteira de ações da Mirae Asset retirou os papéis da Direcional (DIRR3) para a semana (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

carteira recomendada semanal de ações da Mirae Asset sofreu uma alteração para o período de 26 de fevereiro a 01 de março. Com a saída de Direcional (DIRR3), a corretora apostou na entrada de Cury (CURY3).

Segundo a corretora, “a troca foi feita puramente pela estratégia de buscar retorno diferenciado no curto prazo”. Além disso, reforça que o fundamento da empresa continua positivo “e, no momento adequado, voltará a figurar entre as recomendações”.

Leia mais.

Vale (VALE3): Itaú BBA reforça recomendação de ‘outperform’, mas corta preço-alvo do ADR de US$ 18 a US$ 17

Aguarde mais informações.

Imposto de Renda 2024: 5 dicas para aumentar a restituição do IR
imposto de renda restituição
Imposto de Renda: O período de declaração do IR2024 começa no dia 15 de março e vai até 31 de maio. (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

O prazo para a declaração do Imposto de Renda de 2024 está chegando: a partir do dia 15 de março, os contribuintes já podem acertar as contas com o Leão.

Por mais que o período de declaração vá até o dia 31 de maio, os brasileiros podem se preparar com antecedência e garantir um dinheiro extra. Pensando nisso, o Money Times foi atrás de dicas para aumentar a restituição de impostos e reduzir a dedução fiscal.

Leia mais.

Brasil firma acordo na OMC para ampliar investimentos estrangeiros
Tatiana Prazeres, do MDIC, ressaltou as exigências de investimentos com consciência social e ambiental (Foto: Governo Federal)

O Brasil e outros 121 países concluíram no domingo (25), em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, um acordo de facilitação de investimentos que pretende simplificar as operações entre as economias signatárias.

A ideia é dar mais previsibilidade aos investidores e promover a conduta empresarial responsável nas operações internacionais.

Leia mais.

5 ações recomendadas para investir na semana e bater o Ibovespa, segundo Guide
Ações, Guide Investimentos, Carteira Recomendada
A carteira de ações da Guide Investimentos não teve nenhuma alteração para a semana (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

carteira recomendada semanal de ações da Guide Investimentos não sofreu nenhuma troca em seu portfólio para esta semana, período de 26 de fevereiro a 01 de março.

Dessa forma, a composição permanece com BRF (BRFS3), Mercado Livre (MELI34), Grupo SBF (SBFG3), Tim (TIMS3) e Vibra Energia (VBBR3).

Leia mais.

Ibovespa (IBOV) recua nesta segunda (26), em linha com Nova York; prejuízo líquido da Americanas (AMER3) fica no radar
Ibovespa
Por volta de 10h10, o Ibovespa perdia 0,20%, negociado a 129,1 mil pontos (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O Ibovespa (IBOV) opera em queda nesta segunda-feira (26), depois de encerrar a semana passada marcando ganhos de 0,53%. Por volta de 10h10, o índice perdia 0,20%, negociado a 129,1 mil pontos.

Sem grandes direcionadores, Vale (VALE3) ainda fica no radar na última semana do mês. Isso porque, segundo informações do Lauro Jardim, colunista d’O Globo, o governo tenta pressionar para impor Paulo Cafarelli como o novo presidente da companhia.

Leia mais.

Tesouro Direto hoje: Treasuries em queda, mas títulos brasileiros não sentem impacto; entenda
tesouro-direto
Os títulos do Tesouro Direto operam mistos com destaque para leve alta nos produtos atrelados à inflação. (Imagem: Pexels)

As taxas dos títulos do Tesouro Direto operam mistos nesta segunda-feira (26) em relação ao mesmo período do dia anterior. 

Às 09h27, os juros dos prefixados 2027 subiam para 10,08%, enquanto os de vencimento em 10,80% e 10,84%, respectivamente.

Leia mais.

Mais balanços, inflação no radar e mais: 5 coisas para saber antes de investir no Ibovespa (IBOV) nesta segunda (26)
ibovespa
Continuidade da temporada de balanços e dados de inflação no radar podem mexer com o Ibovespa nesta segunda (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Ibovespa (IBOV) abriu o pregão desta segunda-feira (26) em queda de 0,22%, aos 129.137 pontos. Na sexta-feira (23), o índice quebrou a sequência de seis altas seguidas e fechou em queda de 0,63%, a 129.418,73 pontos.

O dólar abriu esta segunda em leve queda frente ao real, em linha com movimento externo, conforme investidores aguardavam dados de inflação norte-americanos desta semana que podem ajudar a direcionar apostas sobre o afrouxamento monetário do Federal Reserve.

Leia mais.

Day Trade: Banco do Brasil (BBAS3), 3R Petroleum (RRRP3) e outras ações para vender e buscar até 3,94% nesta segunda (26)
day trade
Recomendações de venda em day trade para esta segunda-feira (26) (Imagem: Facebook/B3)

PagBank e a Ágora Investimentos indicaram a venda de Banco do Brasil (BBAS3) e outras companhias nesta segunda-feira (26). Já os papéis de Usiminas (USIM5) e outras ações figuram a lista de compras.

Veja o que vender:

Ágora
Empresa Ticker Entrada (R$) 1º alvo (R$) Potencial de ganho 2º alvo (R$) Potencial de ganho Stop (R$)
Alpargatas ALPA4 10,03 9,89 1,40% 10,10
Banco do Brasil BBAS3 57,24 56,44 1,40% 57,69
CSN Mineração CMIN3 6,14 6,05 1,47% 6,19

 

Leia mais.

Day Trade: Usiminas (USIM5), Cielo (CIEL3) e outras ações para comprar e buscar até 3,55% nesta segunda (26)
day trade
Recomendações de compra em day trade para esta segunda-feira (26) (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

PagBank e a Ágora Investimentos indicaram a compra de Usiminas (USIM5) e outras companhias nesta segunda-feira (26). Já os papéis de Banco do Brasil (BBAS3) e outras ações figuram a lista de vendas.

Veja o que comprar:

Ágora
Empresa Ticker Entrada (R$) 1º alvo (R$) Potencial de ganho 2º alvo (R$) Potencial de ganho Stop (R$)
Cielo CIEL3 5,36 5,44 1,49% 5,32
Gafisa GFSA3 7,40 7,50 1,35% 7,34
M Dias Branco MDIA3 40,23 40,82 1,47% 39,91

 

Leia mais.

Americanas (AMER3), Vale (VALE3), Banco do Brasil (BBAS3) e outros destaques desta segunda (26)
Americanas, AMER3, Vale, VALE3, Banco do Brasil, BBAS3, Mercados, Empresas, Radar do Mercado
Americanas reporta um prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões nos nove primeiros nove meses de 2023 (Imagem: Renan Dantas/Money Times)

O reporte visando o prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões nos nove primeiros nove meses de 2023 por parte da Americanas (AMER3) e a atualização do Banco do Brasil (BBAS3) sobre os valores de dividendos e juros sobre o capital próprio (JCP) são alguns dos destaques corporativos desta segunda-feira (26).

Confira os principais destaques desta segunda-feira (26)

Americanas (AMER3) reporta prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões

Americanas (AMER3), em recuperação judicial, reportou ao mercado nesta segunda-feira (26) um prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões nos nove primeiros nove meses de 2023. Os números eram bastante aguardados pelo mercado, que já havia recebido a notícia de adiamento duas vezes.

Leia mais.

Dólar segue exterior e tem leve queda antes de dados de inflação dos EUA

O dólar abriu esta segunda-feira (26) em leve queda frente ao real, em linha com movimento externo, conforme investidores aguardavam dados de inflação norte-americanos desta semana que podem ajudar a direcionar apostas sobre o afrouxamento monetário do Federal Reserve.

Às 9:10 (horário de Brasília), o dólar à vista recuava 0,13%, a 4,9870 reais na venda.

Na B3, às 9:10 (horário de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento caía 0,19%, a 4,9880 reais.

Na última sessão, na sexta-feira, o dólar à vista fechou o dia cotado a 4,9935 reais na venda, em alta de 0,83%.

O Banco Central fará nesta sessão leilão de até 16 mil contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 1° de abril de 2024.

*Reuters

Vale (VALE3) assina acordo definitivo para desinvestimento na PT Vale Indonésia
vale
Vale (VALE3) assina acordo definitivo para desinvestimento na PT Vale Indonésia (Imagem: REUTERS/Ajeng Dinar Ulfiana/File Photo)

A Vale (VALE3) informou nesta segunda-feira (26) que a Vale Canada, a estatal de mineração da Indonésia MIND ID e japonesa Sumitomo Metal Mining assinaram um acordo definitivo sobre a venda de uma participação de 14% na mineradora de níquel Vale Indonesia.

A Vale Canada receberá aproximadamente 160 milhões de dólares em dinheiro após o fechamento da transação, o que deve acontecer antes do final de 2024, após o cumprimento das condições habituais de fechamento, disse a empresa em comunicado.

Leia mais.

Americanas (AMER3) reporta prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões; companhia diz que esses são os ‘primeiros resultados significativos’
americanas resultados 9m2023
O prejuízo líquido representa uma queda de 23,5% na comparação anual. (Imagem: Renan Dantas/Money Times)

Americanas (AMER3), em recuperação judicial, reportou ao mercado nesta segunda-feira (26) um prejuízo líquido de R$ 4,6 bilhões nos nove primeiros nove meses de 2023. Os números eram bastante aguardados pelo mercado, que já havia recebido a notícia de adiamento duas vezes.

O resultado do prejuízo é 23,5% menor na comparação anual. No mesmo período, a companhia registrou um Ebitda (lucro antes dos impostos, juros e amortizações) negativo em R$ 1,558 bilhões, sendo uma perda de 21,3% em um ano.

Leia mais.

5 ações para bater o Ibovespa na última semana de fevereiro e buscar retornos de até 95,6%, segundo Órama
ações
Órama realizou duas movimentações em carteira recomendada semanal de ações (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Órama Investimentos promoveu duas trocas em sua carteira recomendada de ações para a última semana de fevereiro. Deixam a seleção Vivara (VIVA3) e CCR (CCRO3) para dar lugar a Multiplan (MULT3) e BRF (BRFS3).

Os analistas da corretora apontam que, na última semana, a carteira teve um desempenho acima do Ibovespa, seu índice de referência. O portfólio registrou uma alta de 3,45%, contrastando com o avanço de 0,54% do IBOV.

Leia mais.

Governo tenta emplacar presidência da Vale (VALE3) de novo; confira a agenda desta segunda (26)
vale agenda haddad lula
Agenda: Lula tentou colocar o ex-ministro Guido Mantega na liderança da Vale, mas foi barrado pelo humor do mercado. (Imagem: REUTERS/Brendan McDermid)

Depois de não conseguir emplacar o ex-ministro Guido Mantega, o governo tenta pressionar por mais um de seus indicados para a presidência da Vale (VALE3), dando espaço para novos temores sobre uma eventual interferência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo informações do Lauro Jardim, colunista d’O Globo, a aposta agora é em Paulo Cafarelli, ex-presidente da Cielo, uma parceria do Banco do Brasil com o Bradesco, também acionista da Vale. Cafarelli também é ex-diretor do BB, da CSN, ex-presidente do BB Banco de Investimentos e ex-secretário-executivo do Ministério da Fazenda.

Leia mais.

As empresas que devem mexer com seu bolso na semana são destaque nos jornais nesta segunda (26)
empresas
Nova safra de balanços de empresas são destaque nos jornais nesta segunda (Imagem: Adeolu Eletu/Unsplash)

Divulgação dos resultados da AES Brasil (AESB3), Engie (EGIE3) e MRV (MRVE3) são destaque nos jornais nesta segunda-feira (26). Confira as principais manchetes.

Empresas

Engie Brasil
(Imagem: REUTERS/Stephane Mahe)

AES Brasil (AESB3), MRV (MRVE3), Engie (EGIE3) e as empresas que mexem com seu bolso na semana – A safra de resultados segue nesta semana, com destaque para as elétricas AES Brasil (AESB3) e Engie (EGIE3), além da MRV (MRVE3), empresa que tem um início de ano para esquecer, com tombo de 28%. – Money Times

Leia mais.

Investidores se preparam para inflação de verdade; o que esperar do Ibovespa (IBOV)
mercados-wall-street morning times ibovespa inflação
Morning Times: Índice de inflação PCE será divulgado na quinta-feira, em meio a uma queda nas apostas de corte nos juros. (Imagem: REUTERS/Lucas Jackson/File Photo)

A semana promete ser agitada para os mercados. Depois de um Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla lá em inglês) mais forte do que o esperado, os investidores agora precisarão lidar com Índice de Preços de Gastos com Consumo (PCE).

O índice inflacionário preferido do Federal Reserve será divulgado na quinta-feira (29). Se ele vier no patamar mais baixo do que o esperado, as apostas de um corte de juros nas próximas reuniões do Federal de Mercado Aberto (Fomc) podem se intensificar.

Leia mais.

Futuros do trigo recuam 0,95% a US$ 5,68 por bushel em Chicago (CBOT)

Aguarde mais informações.

Futuros do milho caem 0,58% a US$ 3,97 por bushel em Chicago (CBOT)

Aguarde mais informações.

Futuros da soja recuam 0,18% a US$ 11,31 por bushel em Chicago (CBOT)

Aguarde mais informações.

Bolsas Europeias: Ações negociam em baixa com Reino Unido (-0,26%), Alemanha (-0,03%) e França (-0,35%)

Aguarde mais informações.

Bolsas Asiáticas: Ações fecham mistas com Hong Kong (-0,54%), Xangai (-0,93%) e Japão (0,35%)

Aguarde mais informações.

Petróleo tipo Brent recua 0,25% a US$ 81,40 por barril

Aguarde mais informações.

Wall Street: Futuros operam em baixa com S&P 500 (-0,04%), Dow Jones (-0,13%) e Nasdaq (-0,01%)

Aguarde mais informações.

ADR da Petrobras (PBR) sobe 0,63% a US$ 17,46 no pré-market nos EUA

Aguarde mais informações.

ADR da Vale (VALE) recua 0,67% a US$ 13,37 no pré-market nos EUA

Aguarde mais informações.

Ibovespa em dólar (EWZ) recua 0,06% a US$ 33,10 no pré-market nos EUA

Aguarde mais informações.

No mercado há mais de 5 anos, o Money Times é referência em investimentos pessoais, educação financeira, gestão de carreiras e consumo no mercado brasileiro. No Money Times, investidores, analistas, gestores e entusiastas do ambiente econômico brasileiro usufruem de textos objetivos e de qualidade que vão ao centro da informação, análise e debate. Buscamos levantar e antecipar discussões importantes para o investidor e dar respostas às questões do momento. Isso faz toda a diferença.
Twitter Facebook Linkedin Instagram YouTube Site
No mercado há mais de 5 anos, o Money Times é referência em investimentos pessoais, educação financeira, gestão de carreiras e consumo no mercado brasileiro. No Money Times, investidores, analistas, gestores e entusiastas do ambiente econômico brasileiro usufruem de textos objetivos e de qualidade que vão ao centro da informação, análise e debate. Buscamos levantar e antecipar discussões importantes para o investidor e dar respostas às questões do momento. Isso faz toda a diferença.
Twitter Facebook Linkedin Instagram YouTube Site
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.