Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Tenda avança quase 2% com aumento de 34% nas vendas do 4º trimestre

22/01/2020 - 14:40
tenda
Entre outubro e dezembro, a Tenda lançou 22 empreendimentos, totalizando R$ 835,8 milhões em VGV (Imagem: Divulgação/Tenda)

A Construtora Tenda (TEND3) foi mais uma empresa do setor a divulgar a prévia operacional do quarto trimestre e do ano de 2019. A companhia reportou vendas líquidas de R$ 615,9 milhões no período (+34,0% a/a), com VSO líquida mantida em 28,0%. Em 2019, as vendas líquidas atingiram R$ 2,04 bilhões (+10,0% a/a), dentro do guidance para o ano.

Assim, por volta das 14h39, os papéis tinham valorização de 1,84% a R$ 38,70.

Entre outubro e dezembro, a Tenda lançou 22 empreendimentos, totalizando R$ 835,8 milhões em VGV, aumento de 57,5% e 9,8% em relação ao VGV lançado no 4T18 e no 3T19, respectivamente.

O VGV lançado em 2019 atingiu R$ 2,58 bilhões, crescimento de 34,6% com relação a 2018. A redução do preço médio unitário reflete uma menor participação da Região Metropolitana de São Paulo no mix de lançamentos do 4T19 (25,6% do total versus 32,5% do total no 3T19 e 55,0% do total no 4T18) e os descontos concedidos em 2019 dado o cenário mais restritivo para vendas dentro do MCMV.

Em 2019, foram lançados na RM de São Paulo os primeiros empreendimentos da Tenda com torres com mais de 10 andares (2 ou mais elevadores). Com isso, a RM de São Paulo cresceu 51,8% a/a em 2019, passando a representar 35,7% do VGV lançado no país em 2019 (frente a 31,7% em 2018).

Já a RM do Rio de Janeiro cresceu 46,3% a/a em 2019 e atingiu 24,0% do VGV lançado pela Companhia no ano. A RM de Salvador, que representa 15,7% do VGV lançado pela Tenda em 2019, teve como destaque o lançamento dos três primeiros empreendimentos com elevador fora da RM de São Paulo.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
As vendas brutas totalizaram R$ 669,4 milhões no quarto trimestre, aumento de 32,7% na comparação anual (Imagem: Facebook/Tenda)

As vendas brutas totalizaram R$ 669,4 milhões no 4T19, aumento de 32,7% na comparação anual. Em relação ao ano de 2018, houve aumento de 9,4%no VGV de vendas brutas. No ano, enquanto houve crescimento de 10,2% a/a no número de unidades vendidas brutas, o preço médio unitário teve queda de 0,7% a/a.

Esse aumento da participação de São Paulo no mix de vendas brutas (de 28,6% em 2018 para 35,4% em 2019) mitigou o impacto das reduções de preço médio unitário por região, adotada em meio a cenário mais restritivo para o MCMV no ano. A velocidade sobre a oferta (VSO Bruta) foi de 30,5% no 4T19, 0,3 p.p. abaixo do 3T19.

No final de 2019, o banco de terrenos atingiu VGV de R$ 10,62 bilhões, alta de 19,4% a/a. Em um ano forte em lançamentos, o crescimento do banco de terrenos garante estabilidade para a política de manutenção de landbank equivalente a 3 anos de lançamentos nas regiões metropolitanas de atuação. No 4T19, as aquisições totalizaram R$ 1,59 bilhão, alta de 40,1% t/t.

Última atualização por Diana Cheng - 22/01/2020 - 14:40