Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Tenda, Via Varejo e Tim são selecionadas para a carteira de 17 ativos do Itaú BBA; veja o portfólio

Gustavo Kahil
02/07/2020 - 22:21
Mercados
“Nas trocas, buscamos nomes que estejam expostos a retomada econômica em maior magnitude”, diz o Itaú BBA (Imagem: REUTERS/Ralph Orlowski)

As ações da Tenda (TEND3), Via Varejo (VVAR3) e da Tim (TIMP3) foram incluídas no radar de preferências do Itaú BBA, um portfólio de ações com 17 ativos indicados para o mês de julho, mostra um relatório enviado a clientes nesta semana.

Os papéis da Eztec (EZTC3), B2W (BTOW3) e Vivo (VIVT4) foram removidas da lista.

“Neste mês, optamos por realizar três alterações das ações no Radar de Preferências. Nas trocas, buscamos nomes que estejam expostos a retomada econômica em maior magnitude, ou que possuam exposição a algum evento potencial que destrave valor no curto prazo”, explicam os analistas Fabio Perina, Larissa Nappo e Maria Clara Infantozzi.

Tenda TEND3
No gráfico, a ação está em tendência de alta no curto prazo  (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Tenda

Para o Itaú BBA,  as perspectivas de recuperação dos empreendimentos voltados para baixa renda tendem a ocorrer de forma mais acelerada, onde há um cenário construtivo de demanda.

“Acreditamos que a Tenda está preparada para aumentar sua participação de mercado, uma vez que a sua expansão por diferentes estados do país tornou-se um catalisador de valor para novas oportunidades, dado que a oferta do MCMV é bastante fragmentada, e existe a possibilidade de que alguns players do setor enfrentem problemas de liquidez no momento atual”.

No gráfico, a ação está em tendência de alta no curto prazo e tem primeira resistência em R$ 31,75, diz o BBA. Acima desta as próximas resistências estão em R$ 34,20 e R$ 38,90.

No gráfico, a ação da varejista é vista dentro de uma tendência de alta no curto prazo

Via Varejo

“Acreditamos que o anúncio da oferta primária reforçará a liquidez da companhia, de forma a possibilitar a aceleração de seu crescimento, melhor gestão de capital de giro e otimização de sua estrutura de capital, o que deve acarretar na valorização da ação”, apontam os analistas.

No gráfico, a ação da varejista é vista dentro de uma tendência de alta no curto prazo e tem primeira resistência em R$ 16,65. “Acima deste o ativo terá espaço para mais altas em direção ao próximo objetivo de alta em R$ 18,80”.

TIM TIMP3
O Itaú BBA ressalta que a Tim alcançou resultados positivos em um cenário desafiador (Imagem: Renan Dantas/Equipe Money Times)

Tim

O Itaú BBA ressalta que a Tim alcançou resultados positivos em um cenário desafiador, com crescimento de Ebitda de 8% em termos anuais, e melhoria de margem em termos anuais, reflexo de um melhor mix de vendas e rígido controle de custos.

“Acreditamos que a empresa deve se beneficiar do avanço de suas iniciativas de crescimento inorgânico: o processo de due diligence para os ativos móveis da Oi (OIBR3; OIBR4) e a busca por um parceiro estratégico para a TIM Live”.

Graficamente, os ativos da Tim têm a próxima resistência em R$ 15,20. “Acima desta o ativo abrira espaço para mais altas no curto prazo em
direção as resistências seguintes em R$ 15,50 e R$ 16,80”.

Veja o portfólio:

Empresas Código Preço-alvo (R$)
B3 B3SA3 52
Bradesco BBDC4 63
Cesp CESP6 33
NotreDame GNDI3 81
CSHG Renda Urbana HGRU11 141
JBS JBSS3 31
Log LOGG3 24
BR Distribuidora BRDT3 30
Rumo RAIL3 31
Randon RAPT4 15
Localiza RENT3 50
Suzano SUZB3 56
Tenda TEND3 40,2
Tim TIMP3 22
Vale VALE3 69
Via Varejo VVAR3 21
Yduqs YDUQ3 53

Última atualização por Gustavo Kahil - 02/07/2020 - 22:21

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web