Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

The Money Office: As 12 ações fora do consenso que você (não) deveria ter

Gustavo Kahil
12/11/2021 - 17:25
A lista conta com ações as quais o Bank of America mais diverge do consenso (Imagem: Montagem/ Money Times)

Hoje mais cedo eu mostrei a vocês uma lista de ações para quem deseja ser o “diferentão” do mercado e ainda assim se dar bem. Agora, apresento um portfólio de ações feito pelo Bank of America para você não se dar mal.

“Nossa classificação fora do consenso identifica empresas onde nossas estimativas mais divergem do consenso, de acordo com Lucro Por Ação, (ano atual e próximo), Ebitda (ano atual e próximo), Vendas (ano atual e próximo), ROE (ano atual e próximo) e Preço-Alvo”, apontam os analistas.

Confira, abaixo, os papéis em uma direção baixista, ou seja, ações com classificação negativa fora do consenso e classificação neutro ou abaixo da média do BofA, mas com mais de 50% de recomendações de compra do consenso:

Copel (CPLE6), Minerva (BEEF3), Gerdau (GGBR4), Light (LIGT3), AmBev (ABEV3), Pão de Açúcar (PCAR3), Tupy (TUPY3), Cemig (CMIG4), Santander (SANB11), Marcopolo (POMO4), Porto Seguro (PSSA3) e Copasa (CSMG3).

Gustavo Kahil é fundador do Money Times. Antes, foi repórter de O Financista, Editor e colunista de Exame.com, repórter do Brasil Econômico, Invest News e InfoMoney.

Última atualização por Gustavo Kahil - 12/11/2021 - 17:25

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web