Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Trabalharemos para repelir ataques injustificados no tema ambiental, diz Bolsonaro

22/11/2020 - 12:58
Jair Bolsonaro
Em fala por videoconferência, Bolsonaro indicou a necessidade de expor a “realidade dos fatos” após reconhecer que os acordos comerciais –que estão na agenda do governo para abertura econômica (Imagem: Flickr/ Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo, em discurso proferido na cúpula do G20, que o governo trabalhará para repelir ataques ligados ao tema ambiental vindo de nações menos competitivas e sustentáveis, ao mesmo tempo em que frisou que o país seguirá protegendo a Amazônia e o Pantanal.

Em fala por videoconferência, Bolsonaro indicou a necessidade de expor a “realidade dos fatos” após reconhecer que os acordos comerciais –que estão na agenda do governo para abertura econômica– são cada vez mais influenciados pela questão ambiental.

O presidente ressaltou que o país alimenta “quase um bilhão e meio de pessoas”, garantindo a segurança alimentar de diversos países com a exportação de produtos agrícolas e pecuários “sustentáveis e de qualidade”.

“Ressalto que essa verdadeira revolução agrícola no Brasil foi realizada utilizando apenas 8% de nossas terras. Por isso, mais de 60% de nosso território ainda se encontra preservado com vegetação nativa”, disse.

“Tenho orgulho de apresentar esses números e reafirmar que trabalharemos sempre para manter esse elevado nível de preservação, bem como para repelir ataques injustificados proferidos por nações menos competitivas e menos sustentáveis”, acrescentou.

O posicionamento do presidente vem num ano em que o Brasil tem sido duramente criticado internacionalmente pelo desmatamento e por queimadas na Amazônia, e pela forma como lidou com o fogo se alastrando pelo Pantanal.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, chegou a reconhecer o questionamento de investidores estrangeiros sobre a governança do país na área ambiental, pontuando que qualquer tipo de percepção que não estivesse em conformidade afetava o fluxo de investimentos. Por sua vez, o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem reiterado publicamente que há “oportunismo protecionista” de alguns países ao criticarem o Brasil.

Neste domingo, Bolsonaro afirmou que o país é responsável por menos de 3% da emissão de carbono, mesmo sendo uma das dez maiores economias do mundo, e que possui a matriz energética mais limpa dentre os integrantes do G20.

“O que apresento aqui são fatos, e não narrativas. São dados concretos e não frases demagógicas que rebaixam o debate público e, no limite, ferem a própria causa que fingem apoiar”, afirmou.

“Vamos continuar protegendo nossa Amazônia, nosso Pantanal e todos os nossos biomas”, completou.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 22/11/2020 - 12:58