AgroTimes

Trigo e milho fecham 1ª semana de outubro com forte alta; entenda

06 out 2023, 17:20 - atualizado em 06 out 2023, 17:20
trigo milho
As indicações de clima favorável para a colheita nos EUA e a maior aversão ao risco derrubaram a soja; confira os preços do trigo e milho (Montagem: MoneyTimes)

A primeira semana de outubro terminou com o milho e o trigo registrando altas no acumulado da semana.

Por outro lado, nesta sexta-feira (6), apenas o açúcar e o café registraram alta entre as principais commodities.

O aumento das tensões entre Rússia e Ucrânia, assim como as preocupações com o clima na Argentina, explica o movimento de alta para o trigo.

“A falta de chuvas sobre o Centro-Oeste e o norte da área agrícola na Argentina segue reduzindo o potencial produtivo da cultura, com algumas áreas recebendo geadas”, explica Elcio Bento, analista da Safras & Mercado.

Por outro lado, segundo Allan Maia, analista de milho na Safras, o movimento de valorização do trigo puxou o milho, já que a commodity pode ser usado como substituto na nutrição animal.

Para o mercado da soja, o movimento vem em linha com os fundamentos para oleaginosa, com a entrada das novas safras no mercado, o que resulta em um viés negativo.

“Os contratos futuros da soja negociados na CBOT fecharam a sexta com preços em forte baixa. As indicações de clima favorável para o desenvolvimento da colheita nos Estados Unidos pressionou o mercado, determinando que os contratos encerrassem a semana no território negativo. Além do cenário fundamental negativo, o mercado foi pressionado pelo clima de maior aversão ao risco no financeiro”, diz Rafael Silveira, analista da Safras.

Confira o fechamento das principais commodities:

Cultura Vencimento Valor (US$) Variação (%) Variação (Cents) Variação semanal (%)
Soja (CBOT) Novembro 12,66 -1,15 -14,75 -0,7
Milho (CBOT) Novembro 4,92 -1,1 -5,50 3,19
Trigo (CBOT) Novembro 5,68 -1,72 -10,00 4,93
Café (ICE) Dezembro 1,46 0,44 0,65 0,98
Açúcar (ICE) Novembro 0,26 2,21 0,0058 -0,06
Fonte: Safras & Mercado

Veja o fechamento das commodities na quinta.

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.