Trigo tem forte alta em Chicago com tensões entre Rússia e Ucrânia; soja recua

18/01/2022 - 19:27
Trigo
O contrato de trigo mais ativo registrou seu maior ganho diário desde 1º de outubro (Imagem: Pixabay)

Os futuros de trigo em Chicago subiram 3,2% nesta terça-feira, apoiados por preocupações com o aumento das tensões entre a Rússia e a Ucrânia, bem como o clima frio que pode ameaçar a safra em partes secas dos Estados Unidos.

“Se houver um problema entre a Rússia e a Ucrânia, pode ser muito perturbador para o comércio mundial de trigo”, disse Mark Gold, sócio-gerente da Top Third Ag Marketing.

O contrato de trigo mais ativo registrou seu maior ganho diário desde 1º de outubro.

Os ganhos no trigo puxaram o milho, mas a soja caiu devido às previsões de chuvas muito necessárias nas principais áreas de cultivo do Brasil e da Argentina.

Na bolsa de Chicago, o trigo soft vermelho de inverno para março fechou em alta de 27,50 centavos de dólar a 7,69 dólares o bushel.

A soja para março fechou em queda de 8,50 centavos de dólar a 13,6125 dólares o bushel, a terceira sessão seguida de perda.

A soja terminou bem acima de suas mínimas depois que um relatório da Associação Nacional de Processadores de Oleaginosas dos EUA mostrou que os processadores esmagaram 186,438 milhões de bushels de soja em dezembro, o maior total mensal já registrado.

O milho para março fechou em alta de 3,25 centavos de dólar a 5,9950 dólares o bushel.

Última atualização por André Luiz - 18/01/2022 - 19:27

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto