Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Trump a Bolsonaro: Vamos trabalhar juntos no Comércio, Forças Armadas e tudo mais!

29/10/2018 - 10:37

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ligou para o novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, neste domingo (28) para o congratular pela eleição. Em um tuíte, Trump destacou que o capitão do Exército venceu a disputa com uma “margem substancial”.

Com 100% da apuração das urnas, Bolsonaro obteve 55,13% dos votos válidos, conquistando 57.796.986 votos. Fernando Haddad (PT) teve 44,87% dos votos, o equivalente a 47.038.963 votos.  As abstenções somaram 21,3% (31,3 milhões de votos). Votos brancos foram 2,14% (2,4 milhões de votos) e nulos, 7,43% (8,6 milhões de votos).

“Concordamos que o Brasil e os Estados Unidos trabalharão juntos no comércio, forças armadas e tudo mais! Chamada excelente, desejei-lhe parabéns!”, completou o presidente americano.

Já no domingo, Bolsonaro havia destacado a conversa. “Nos desejou boa sorte. E obviamente foi um contato bastante amigável. Nós queremos sim nos aproximar de vários países do mundo sem o viés ideológico”, disse.

Rússia e China

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o porta-voz do  Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, parabenizaram hoje (29) o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) por sua vitória. O russo enviou telegrama para Bolsonaro, enquanto o governo chinês se pronunciou por meio do representante da área internacional.

Em telegrama enviado a Bolsonaro, Putin diz que seu desejo é desenvolver ainda mais as relações russo-brasileiras, classificadas por ele como “construtivas”.

O presidente russo expressou “sua confiança no desenvolvimento de toda a gama de relações” entre os dois países, assim como na cooperação construtiva, no âmbito das Nações Unidas, do G20 [grupo das economias mais desenvolvidas], dos Brics [ Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul] de outras estruturas multilaterais em interesse dos povos da Rússia e do Brasil”.

Laços

O governo da China também se manifestou sobre a confiança em aprofundar suas relações bilaterais e multilaterais, especialmente no que se refere ao Brics.

“Esperamos que os dois países [China e Brasil] fortaleçam a cooperação dentro dos Brics e a cooperação multilateral, servindo ao interesse comum dos países em desenvolvimento e aos mercados emergentes”, ressaltou o porta-voz chinês.

Lu Kang lembrou a importante relação bilateral que une Brasil e China, já que o gigante asiático é o maior parceiro estratégico para o Brasil e sua maior fonte de investimento.

(Com Agência Brasil)

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 29/10/2018 - 10:37

Cotações Crypto
Pela Web