Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ucrânia importa soja pela 1ª vez em 2020/21, diz corretora; Brasil será origem

24/02/2021 - 16:08
Os esmagadores ucranianos não estão conseguindo pagar aos agricultores locais devido à forte concorrência das exportações (Imagem: Pixabay)

O Brasil fornecerá 51.600 toneladas de soja para a Ucrânia, uma tradicional exportadora da oleaginosa, no primeiro negócio do gênero realizado por Kiev na temporada 2020/21, disse uma corretora nesta quarta-feira.

Elena Neroba, gerente de desenvolvimento de negócios da corretora Maxigrain, afirmou no Twitter que o Brasil vai embarcar 51.600 de soja toneladas no porto de Barcarena para a Ucrânia.

“Os esmagadores ucranianos não estão conseguindo pagar aos agricultores locais devido à forte concorrência das exportações”, acrescentou ela.

No ano passado, a Ucrânia realizou suas primeiras importações de soja em muitos anos, tendo adquirido 20 mil toneladas da oleaginosa brasileira.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

A safra de soja da Ucrânia recuou cerca de 25% em 2020, para 3,4 milhões de toneladas, e a consultoria APK-Inform estima que as exportações possam diminuir para 2 milhões de toneladas na temporada 2020/21, ante 2,63 milhões em 2019/20.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 24/02/2021 - 16:08

Pela Web