Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

UE e Reino Unido chegam finalmente a acordo comercial do Brexit

24/12/2020 - 12:06
Brexit
O acordo garante que o Reino Unido não faz mais parte de UE e não será regido pelas regras da UE (Imagem: Reuters/Yves Herman)

O Reino Unido chegou a um acordo comercial do Brexit com a União Europeia nesta quinta-feira, a apenas sete dias de deixar um dos maiores blocos comerciais do mundo.

“O acordo está feito”, disse uma fonte de Downing Street. “Retomamos o controle de nosso dinheiro, fronteiras, leis, comércio e águas para pesca.”

“O acordo é uma notícia fantástica para famílias e empresas em toda parte do Reino Unido. Assinamos o primeiro acordo de livre comércio com base em tarifas zero e cotas zero que já foi alcançado com a UE”, disse a fonte.

“Conseguimos esse grande acordo para todo o Reino Unido em tempo recorde, e sob condições extremamente desafiadoras, que protege a integridade de nosso mercado interno e o lugar da Irlanda do Norte dentro dele”, disse a fonte.

O acordo garante que o Reino Unido não faz mais parte de UE e não será regido pelas regras da UE, disse a fonte.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse a repórteres: “Foi uma longa e tortuosa estrada. Mas temos um bom acordo para mostrar. Ele é justo, é um acordo equilibrado, e é a coisa certa e responsável de se fazer para ambos os lados.”

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, publicou no Twitter uma imagem de si mesmo dentro de Downing Street, levantando ambos os braços em um gesto de aprovação do triunfo.

“Retomamos o controle de nosso destino”, disse ele a repórteres. “As pessoas disseram que era impossível, mas retomamos o controle.”

“Seremos um Estado costeiro independente”, completou ele. “Seremos capazes de decidir como e onde estimular novos empregos”.

O negociador chefe da UE, Michel Barnier, pôde dizer pela primeira em quatro longos anos: “O relógio não está batendo mais.”

Embora o acordo de última hora impeça o fim mais duro para a saga em 1 de janeiro, o Reino Unido caminha para um relacionamento bem mais distante com seu maior parceiro comercial do que se esperava na época do referendo em 2016.

O acordo pareceu iminente por quase um dia, até que a disputa sobre quanto peixe os barcos da UE poderiam pegar em águas britânicas adiou o anúncio de um dos acordos comerciais mais importantes na história recente da UE.

O Reino Unido deixou formalmente a UE em 31 de janeiro, mas desde então estava em período de transição sob o qual as regras sobre comércio, viagem e empresas permanecem inalteradas até o final deste ano.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 24/12/2020 - 13:26

Cotações Crypto
Pela Web