Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ultrapar reverte prejuízo e tem lucro de R$ 431 milhões no 4º trimestre

24/02/2021 - 20:19
Extrafarma
Segundo a empresa, o número é reflexo, principalmente, da melhora no resultado financeiro e do impairment de R$ 593 milhões da Extrafarma (Imagem: Facebook/Extrafarma)

A Ultrapar (UGPA3) lucrou R$ 431 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo o prejuízo líquido de R$ 267 milhões em 2019, mostra documento enviado ao mercado nesta quarta-feira (24).

A cifra ficou bem acima do esperado pela Ágora Investimentos, que aguardava lucro de R$ 269 milhões.

Segundo a empresa, o número é reflexo, principalmente, da melhora no resultado financeiro e do impairment de R$ 593 milhões da Extrafarma registrado no ano passado.

Em 2020, o lucro líquido totalizou R$ 928 milhões, elevação de 130%, principalmente em função do crescimento do Ebitda e das menores despesas financeiras líquidas.

A receita líquida somou R$ 23.216 milhões, queda de 2%, principalmente devido à redução na receita líquida da Ipiranga, parcialmente compensada pelo crescimento da receita líquida nos demais negócios.

No ano passado, a receita líquida foi de R$ 81.241 milhões, decréscimo de 9% em relação ao ano anterior.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 949 milhões, disparada de 163%.

Por outro lado, excluindo-se os efeitos não recorrentes, o Ebitda ficou em R$ 865 milhões (-11%), devido aos menores Ebitdas da Ipiranga e Ultragaz, apesar do crescimento de resultados da Oxiteno, Ultracargo e Extrafarma.

Ultrapar Ipiranga UGPA3
Os posto Ipiranga, que possui grande participação na Ultrapar, viu o seu volume total cair 5% para 5,8 mil metros cúbicos (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

Houve uma geração de caixa de R$ 3.138 bilhões em 2020, comparada a uma geração de R$ 2.925 bilhões em 2019, devido principalmente ao desinvestimento em capital de giro e aos menores investimentos no período.

A rede Ipiranga, que possui grande participação na Ultrapar, viu o seu volume total cair 5% para 5,8 mil metros cúbicos, ainda em função dos efeitos da pandemia que impactaram de forma significativa o consumo de combustíveis no Brasil desde o final de março.

A receita líquida somou R$ 19 milhões (-6%), devido principalmente ao menor volume de vendas.

Já a Oxiteno teve crescimento de 17% no volume total, com destaque para o volume de especialidades químicas, alta de 21%. As receitas líquidas totalizaram R$ 1,4 bilhão, salto de 43%, devido ao maior volume de vendas.

Veja o resultado na íntegra:

 

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 24/02/2021 - 20:27