Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Um terço dos brasileiros já faz compras via WhatsApp, revela pesquisa

07/09/2020 - 18:02
WhatsApp Redes Sociais
31% dos brasileiros passaram a comprar produtos pelo WhatsApp na pandemia (Imagem: Reuters/Dado Ruvic)

Os consumidores começaram a comprar produtos pelo WhatsApp durante a pandemia de covid-19. De acordo com o novo estudo da dunnhumby, que ouviu mais de 1.100 brasileiros, o percentual de usuários que realizaram transações pelo aplicativo cresceu para 31%.

“É uma saída cada vez mais utilizada pelo pequeno comércio e pelas lojas de shopping que têm vendedores fotografando ou filmando os produtos”, comenta Flávia Villani, head da dunnhumby no Brasil.

O uso do WhatsApp serviu principalmente para comprar itens frescos, como carnes (18%) e frutas, legumes e verduras (23%).

Mudanças nos hábitos

Dados do levantamento mostram que os brasileiros mudaram seu comportamento de compra na quarentena. Um exemplo disso é a redução do consumo de guloseimas (16%) e de refrigerantes (18%).

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

A pesquisa ainda aponta que uma tendência está ganhando força: a do comportamento “econômico extravagante”. Com a restrição nos bares e restaurantes, os consumidores estão gastando mais com cervejas e chocolates na hora de abastecer a casa.

Perspectivas

O estudo da dunnhumby destaca que a consolidação do e-commerce ainda não está garantida, embora a maioria dos brasileiros manterá as compras online após a quarentena. Pouco mais de 33% não vão continuar com o hábito de comprar pelos canais digitais e 30% só comprarão por conta do preço.

Segundo a dunnhumby, é importante continuar investindo em boas experiências nas lojas físicas. Os consumidores estão buscando cada vez mais uma experiência de compra personalizada.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 07/09/2020 - 21:19

Pela Web