Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

União arrecada quase R$ 7 bi com venda de blocos da 5ª rodada do pré-sal

28/09/2018 - 16:26
(Agência Nacional do Petróleo/Galeria)

A Agência Nacional do Petróleo (ANP), Gás e Biocombustíveis leiloou quatro blocos do pré-sal nesta sexta-feira (28) totalizando um ganho para o governo de R$ 6.820 bilhões apenas nos bonos de assinatura que tem que ser pagos pelas empresas vencedoras pelo direito de exploração.

RECEBA A NOSSA NEWSLETTER GRATUITA

Mas ao longo dos 30 anos de vigência dos contratos, a exploração desses blocos deve gerar uma arrecadação de cerca de R$ 240 bilhões para a união e para os estados e municípios onde os campos estão localizados. Três estão na Bacia de Santos e um na Bacia de Campos.

O diretor geral da ANP, Décio Odone, destacou que esta foi a primeira rodada de leilão com mais de uma área ofertada, em que todas foram arrematadas.

Mas, ele não acredita que as empresas tenham sido impulsionadas pelo momento político ou pelas altas no preço do barril.

No regime de partilha, vence a proposta que oferecer a maior porcentagem de óleo excedente para a União, acima do mínimo estabelecido pela ANP.

Nesta rodada, o ágio de todos os blocos chegou a 170%. A  ANP prevê ainda que, para a exploração dos quatro campos serão feitos investimentos na ordem de um R$ 1 bilhão.

O ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, defendeu a mudança na lei que desobrigou a Petrobras de explorar todos os campos do pré-sal e a continuidade dos leilões.

Dos blocos oferecidos nesta rodada, a Petrobras participará apenas da exploração de um,  Sudoeste de Tartaruga Verde, o menor deles na Bacia de Campos. O restante dos consórcios vencedores são compostos por empresas estrangeiras.

Leia mais sobre: ANP, Economia, Empresas, Leilão, Pré-Sal

Última atualização por Diana Cheng - 28/09/2018 - 16:26