Polícia Federal

União libera R$ 37 milhões para PF voltar a produzir passaportes

25 nov 2022, 21:02 - atualizado em 25 nov 2022, 21:02
Passaportes
Serviço foi suspenso no último dia 19, mas não tem prazo e quando será retomado e nem por quanto será realizado (divulgação)

A Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento, do Ministério da Economia, liberou um crédito suplementar de R$ 37,365 milhões para a Polícia Federal utilizar no sistema de emissão de passaportes, serviço suspenso por falta de verba.

Além dos R$ 37,365 milhões para passaportes, foram liberados outros R$ 21,4 milhões para ações de proteção e Defesa Civil.

Segundo a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), seriam necessários R$ 74 milhões para a manutenção da emissão de passaportes até o final do ano.

A Polícia Federal não informou quando o serviço será retomado e também se o dinheiro será suficiente para manter o serviço até o final do ano.

Depois da Polícia Federal (PF) anunciar que a emissão de passaportes estaria suspensa a partir de sábado (19), foi a vez da Polícia Rodoviária Federal (PRF) limitar serviços por falta de verba.

Serviços como manutenção mecânica corretiva, manutenção elétrica, lavagem, aspiração, lubrificação, polimento e cristalização, lanternagem e funilaria, pintura, estofagem, chaveiro automotivo, incluindo fornecimento de chaves e cartões de ignição automotiva, manutenção de ar condicionado automotivo, fornecimento de peça, componente ou acessório automotivo, fornecimento de extintores de incêndio e cargas, reparo e substituição de acessórios veiculares policiais luminosos e sonoros, plotagem, adesivagem e envelopamento e blindagem automotiva foram consideradas não essenciais pela direção da entidade e estão suspensas.

Siga o Money Times no Facebook!

Conecte-se com jornalistas e leitores do Money Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Clique aqui e comece a seguir a página do Money Times no Facebook!

Editor
Formado em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, é editor de política, macroeconomia e Brasil do Money Times. Com passagens pelas redações de SBT, Record, UOL e CNN Brasil, atuou como produtor, repórter e editor.
Linkedin
Formado em jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo, é editor de política, macroeconomia e Brasil do Money Times. Com passagens pelas redações de SBT, Record, UOL e CNN Brasil, atuou como produtor, repórter e editor.
Linkedin