Unica registra queda na produção e alta nas vendas de etanol em abril

12/05/2021 - 12:00
Cana-de-açúcar Commodities Agricultura
As vendas de etanol pelas usinas somaram 2,15 bilhões de litros, a moagem de cana foi menor, com uma queda de 22,5% na segunda quinzena de abril (Imagem: Agência Brasil/Elsa Fiuza)

A produção de etanol do centro-sul do Brasil caiu 19,9% na segunda quinzena de abril, para 1,28 bilhão de litros, uma vez que um menor número de usinas está em operação, como reflexo da produtividade agrícola mais baixa esperada para a safra 2021/22, afirmou a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) nesta quarta-feira.

Já as vendas de etanol pelas usinas na segunda parte do mês passado somaram 1,16 bilhão de litros, alta de 15% ante o mesmo período do ciclo passado, quando o consumo caiu fortemente por impacto das medidas para combater a Covid-19, comentou a Unica.

“No ano passado, a pandemia prejudicou muito o consumo de combustíveis no país. Além disso, nesse momento o etanol continua bastante atrativo ao consumidor. Esses dois elementos explicam o crescimento das vendas registrado em abril deste ano”, disse o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, em nota.

Em abril completo, as vendas de etanol pelas usinas somaram 2,15 bilhões de litros, alta de 18,4% na comparação anual.

A moagem de cana foi menor, com uma queda de 22,5% na segunda quinzena de abril, para 29,6 milhões de toneladas de cana, o que também impactou a produção de açúcar.

A fabricação do adoçante do centro-sul do Brasil cedeu 25,49%, para 1,5 milhão de toneladas.

Para Padua, “a menor moagem reflete o atraso no início da safra 2021/2022 devido à expectativa de quebra na produtividade agrícola da lavoura a ser colhida neste ciclo”.

Ele explicou que a falta de chuvas no período de abril de 2020 a março de 2021 “se manifesta de forma negativa para a oferta de cana na safra iniciada no mês de abril de 2021”.

“O Estado de São Paulo (maior produtor nacional) foi o mais prejudicado e deverá apresentar a maior redução da oferta de cana. Os dados de abril trazem a luz esse fato, as empresas tiveram que rever seu planejamento da safra e atrasar o início da moagem na busca da recuperação da produtividade e da melhor concentração de sacarose”, destacou o diretor.

Na segunda quinzena de abril, 205 unidades estavam em operação no centro-sul, sendo 199 processadoras de cana, cinco exclusivas de etanol de milho e uma usina flex.

Na mesma data da safra 2020/2021, 217 unidades já haviam iniciado o processamento de cana.

Para a primeira quinzena de maio, outras 30 unidades devem iniciar a moagem no centro-sul, segundo a associação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Janaina de Camargo - 12/05/2021 - 12:00

Pela Web