Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Unidas está pronta para continuar sua trajetória de crescimento no 2º semestre, diz BTG

14/08/2020 - 18:45
unidas
Segundo o BTG, o setor de aluguel de carros está se recuperando da pandemia de covid-19 de maneira estável (Imagem: YouTube/Unidas Oficial)

Os resultados da Unidas (LCAM3) ficaram em linha com as estimativas do BTG Pactual (BPAC11). A receita líquida da companhia caiu 21,6% no segundo trimestre do ano ante o mesmo período de 2019 e somou R$ 906 milhões, enquanto o Ebitda recuou 34,1%, com o montante passando de R$ 316,5 milhões para R$ 208,6 milhões.

O lucro líquido contábil de R$ 81,9 milhões registrado entre abril e junho do ano passado foi substituído por um prejuízo de R$ 14,5 milhões.

As vendas no segmento de aluguel de carros foram impactadas pela redução da tarifa média e diminuíram 21,9% no trimestre. A receita de locação de frotas não variou muito, amparada por volumes estáveis e tarifas, e a quantidade de seminovos vendidos retraiu 29,2%, para 11,2 mil unidades.

Recuperação

Os números preliminares de julho divulgados pela Unidas mostraram uma recuperação dos segmentos de aluguel de carros e de seminovos.

Os volumes de RAC (rent a car, em inglês) cresceram 16% em relação à média mensal do segundo trimestre. Já as vendas de carros usados chegaram a um nível recorde de 9,6 mil, alta de 157% ante a média mensal de abril a junho.

Segundo o BTG, o setor está se recuperando da pandemia de covid-19 de maneira estável.

“Ao passo que as medidas mais restritivas relacionadas à covid-19 passam, os volumes e as tarifas da indústria de aluguel de carros retomam estavelmente a nível normalizados. Nesse sentido, vemos a Unidas pronta para continuar sua trajetória de crescimento na segunda metade do ano”, comentou o analista Lucas Marquiori.

A recomendação de compra e o preço-alvo de R$ 19 foram reiterados.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 14/08/2020 - 18:45