Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

UP Consórcios tem alta de 150% no e-commerce e comprova que pessoas estão mais conectadas

Lucas Eurico Simões
17/04/2021 - 18:00
Lorelay Lopes UP Consórcios
O perfil do público do UP é o jovem, de 25 a 34 anos, que está mais preocupado com o planejamento financeiro, revela executiva (Imagem: Divulgação/UP Consórcios)

O UP Consórcios, fintech da Embracon e primeiro consórcio 100% digital do Brasil, registrou um crescimento de 150% em vendas de cotas pelo seu canal de e-commerce no primeiro trimestre de 2021 em relação a 2020,

O período coincide com o início da crise sanitária no Brasil, quando os brasileiros se tornaram mais adeptos dos canais digitais para adquirir produtos e serviços, ao mesmo tempo em que aderiram ao isolamento social imposto pela Covid-19.

“No ano passado houve crescimento recorde de e-commerces de segmentos como moda e acessórios, artigos infantis, artesanato e delivery de comida, por exemplo. No entanto, as pessoas também usaram a internet para adquirir serviços como consórcios, comprovando o comportamento mais digital também neste setor”, pontua Lorelay Lopes, head de Negócios do UP Consórcios.

Para este ano, a empresa aposta no crescimento ainda mais expressivo do e-commerce com o apoio de Lupi, primeiro chatbot de gênero não binário do país, recém-lançado pelo UP Consórcios.

O bot tira todas as suas dúvidas sobre consórcios, faz comparações com outras empresas do setor e com financiamentos, oferece um teste de perfil financeiro e opera como vendedor, tudo para dar autonomia e ajudar a pessoa a fazer a melhor escolha de investimento para a conquista do seu objetivo.

Segundo a executiva, o perfil do público do UP é o jovem, de 25 a 34 anos, que está mais preocupado com o planejamento financeiro e quer investir para realizar objetivos, sem se complicar com dívidas.

“O UP se torna atrativo porque é o único do mercado a oferecer taxa zero até a contemplação e as características de Lupi agradam os jovens, que gostam de marcas que se posicionam em relação à inclusão”, diz Lorelay.

Com relação às modalidades, Auto representa 63,5% dos consorciados do UP e foi a que apresentou maior crescimento, de 20% no primeiro tri de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado.

Do total de cotas vendidas, 49,5% dos clientes são da região Sudeste e Nordeste, com maior representatividade nos estados do Espírito Santo, São Paulo e Sergipe.

“Com a pandemia, as pessoas estão com receio de usar transporte público ou carros compartilhados e acabam investindo no próprio veículo para se locomover com mais segurança, pensando na saúde”, afirma Lorelay.

Segundo a ABAC (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios), ao longo de 2020, um total de 637.091 veículos foram adquiridos por meio do consórcio.

Em dezembro de 2020, haviam 6,51 milhões de consorciados nos grupos de veículos automotores em geral. Deles, 59% planejavam a compra de leves, 35,2% a de motocicletas, e 5,8% a de veículos pesados.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 16/04/2021 - 15:40

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web