Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Usiminas é “aço duro de roer”, mas preços atuais já refletem valor da ação

27/11/2020 - 11:14
Indústria Carros Setor Automotivo Montadoras
A Usiminas tem maior poder de barganha com o aquecimento na demanda do setor automobilístico (Imagem: Reuters/Andreas Gebert)

Não há dúvidas de que a Usiminas (USIM5) é um player de alto calibre no setor de siderurgia e que pode aproveitar a recuperação gradual da economia nacional.

Entretanto, os preços atuais de suas ações já compreendem as potencialidades de crescimento em termos de receitas e rentabilidade, segundo a Ativa Corretora.

O vento está favorável para o setor de siderurgia. Com a retomada da demanda, os preços do aço disparam.

“No tocante à commodity, a Usiminas é líder em aços planos e estima forte recuperação da demanda de seus derivados, sobretudo do setor de automóveis. Tal expectativa dialoga com a reabertura do Alto Forno I em Ipatinga, bem como sua operação em Cubatão”, enfatiza o analista Ilan Arbetman.

A companhia espera que os projetos estruturantes nacionais em setores como óleo e gás e saneamento continuem sustentando a demanda nacional por derivados siderúrgicos.

Mesmo que a Usiminas verifique concorrentes, como a ArcellorMittal, ganhando participação de mercado, a Ativa aposta no  maior poder de barganha diante dos baixos estoques e a expectativa de aquecimento na demanda do setor automobilístico.

O risco para a siderúrgica está na variação que o minério de ferro pode sofrer.

“Por mais que uma eventual queda no preço do minério seja benéfica para a atividade siderúrgica, o peso negativo para a divisão de mineração provavelmente seria maior que os benefícios”, adverte o analista que assina o relatório.

Ticker Recomendação Preço-alvo (R$) Valorização (%)
USIM5 Neutra 13,8 6,50%

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 27/11/2020 - 11:18