Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Usina nuclear Angra 3, da Eletrobras, ganha novo impulso com ajuda do Senado

05/02/2021 - 9:28
Com obras paralisadas desde 2015, usina Angra 3 ganha respiro com nova lei à espera de canetada de Bolsonaro (Imagem: Divulgação/Flickr)

A Eletrobras (ELET3; ELET5; ELET6) celebra a aprovação da Medida Provisória 998, votada pelo Senado na noite desta quinta-feira (5), que entre seus principais pontos favorece a conclusão da usina nuclear Angra 3, tocada pela estatal.

O projeto de lei, que já passou pela Câmara dos Deputados e segue agora à sanção presidencial, contém reajustes de tarifas de energia elétrica nos próximos anos e prevê retirada gradual de subsídios para usinas de geração renovável como eólicas e solares no Brasil.

No entanto, o destaque que interessa à Eletrobras são os dispositivos importantes para a usina de Angra 3, que aumentam a segurança jurídica na retomada da construção, que teve obras paralisadas em 2015.

A medida também definiu que Angra 3 terá prazo de outorga de 50 anos, com possível prorrogação por até 20 anos e autorizou o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) a aprovar o preço da energia a ser produzida pelo empreendimento.

“A Usina de Angra 3 agregará segurança energética através de geração de energia de base para o Sistema Interligado Nacional”, afirma a Eletrobras no fato relevante divulgado ao mercado.

A deliberação da MP 998 veio poucos dias antes de seu vencimento, na próxima semana, após apelos do Ministério de Minas e Energia e outros representantes do setor elétrico junto a políticos.

Veja o fato relevante divulgado pela Eletrobras:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 05/02/2021 - 9:29

Cotações Crypto
Pela Web