Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Vale e Rio Tinto têm dificuldades para atender a fome chinesa por minério

20/04/2021 - 11:39
Vale VALE3
Na segunda-feira, o preço de referência do minério de ferro chegou a superar US$ 180 a tonelada – a maior cotação desde maio de 2011 (Imagem: Vale/Marcelo Coelho)

As duas maiores produtoras de minério de ferro do mundo tiveram dificuldade para acompanhar a forte demanda chinesa no primeiro trimestre de 2021, sob o impacto de desafios operacionais e clima adverso, em um sinal positivo para os preços que já estão nos maiores níveis em uma década.

A Vale (VALE3) produziu menos minério do que o previsto no último trimestre devido à menor produtividade em uma mina e incêndio em um carregador de navio, sinalizando que a recuperação após o rompimento da barragem de Brumadinho em 2019 tem sido um pouco mais lenta do que o esperado. As exportações da Rio Tinto foram afetadas pelo clima mais úmido do que o normal nas operações em Pilbara, na Austrália Ocidental.

Na segunda-feira, o preço de referência do minério de ferro chegou a superar US$ 180 a tonelada – a maior cotação desde maio de 2011 -, após a notícia de que a produção de aço bruto da China aumentou 19% no mês passado na comparação anual, quase para nível recorde. A maior produção chinesa de aço coincide com medidas do governo para reduzir a poluição, o tem impulsionado os preços e elevado as margens de lucro das usinas.

“Com o mercado relativamente apertado no momento, certamente qualquer problema para atender às diretrizes atuais será relativamente positivo para o preço”, disse Daniel Hynes, estrategista sênior de commodities do ANZ Banking Group. Vale e Rio Tinto mantiveram as previsões para a produção anual, embora a recuperação mais lenta do que o esperado da Vale possa levar o mercado a redefinir suas expectativas, disse.

Abrão Filho aumenta 135% sua receita em 2021

Rio Tinto Empresas
Foi um “trimestre medíocre” para a Rio Tinto, disse em relatório Tyler Broda, analista de mineração da RBC (Imagem: Facebook/Rio Tinto)

A Rio Tinto alertou que sua estimativa para a produção anual de até 340 milhões de toneladas está sujeita a riscos logísticos associados a colocar em operação 90 milhões de toneladas de substituição de capacidade. A mineradora também disse que o ciclone tropical Seroja impactou a mina de Pilbara e operações portuárias em abril.

Foi um “trimestre medíocre” para a Rio Tinto, disse em relatório Tyler Broda, analista de mineração da RBC Capital Markets. A produção trimestral ficou 6% abaixo da estimativa do banco, disse.

Os preços do aço na China encerraram o trimestre nos maiores níveis em uma década, já que a atividade de construção e a demanda de janeiro a março foram mais fortes do que em 2020 e 2019, segundo a Rio Tinto. A forte demanda e as margens – no nível mais alto desde 2018 – aumentaram a procura por produtos de minério de ferro de maior qualidade, e o foco do país na redução das emissões da siderurgia deve limitar as exportações em 2021, apoiando as margens globalmente, disse a empresa.

A perspectiva de curto prazo para os preços do minério de ferro permanece positiva, disse Hynes, do ANZ, pois as siderúrgicas chinesas estão dispostas a aceitar os atuais preços altos para sua principal matéria-prima enquanto as margens seguem fortes. No entanto, ele acrescentou que o custo do minério está agora bem acima do valor justo, com o risco de uma retração no final do ano se os planos do governo chinês de limitar a produção de aço para controlar as emissões de gases de efeito estufa começarem a impactar a demanda.

“Se víssemos uma queda de 1% na produção de aço chinesa, isso potencialmente eliminaria cerca de 15 a 20 milhões de toneladas de minério de ferro”, disse Hynes.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 20/04/2021 - 11:39

Pela Web