Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Vale não analisa unificar ações, mas acionistas sim; entenda

Gustavo Kahil
19/01/2017 - 15:14

Vale

A Vale informou hoje ao mercado que não discute, no âmbito da companhia, uma unificação das classes de ações (VALE5 e VALE3). O comunicado, contudo, deixa claro que os acionistas debatem “uma possível proposta de reestruturação societária e aperfeiçoamento da estrutura de governança”, além do prazo de vigência de um eventual novo acordo de acionistas.

“A unificação das ações fará com que o controle da Vale fique mais pulverizado, na medida em que os atuais acionistas seriam diluídos, o que tende a melhorar a governança da empresa, semelhante ao que aconteceu com a Embraer e BRF. Além disso, a unificação das ações abre o caminho para a empresa ser listada no Novo Mercado da BM&FBovespa, onde as regras de governança são mais rígidas”, avalia a Guide Investimentos, em relatório.

Veja outras recomendações de ações

Alexander Hacking, analista do Citi, ressalta que a mudança da estrutura de ações da Vale não aconteceria numa base de 1 para 1. Existem três potenciais classes de ações com diferentes preços: ações ON dentro do grupo de controle, ações ON fora do grupo de controle e ações PN.

“O colapso das classes de ações permitiria aos fundos de pensão, que são os maiores detentores de ações (Previ e Bradespar), reduzir sua exposição à companhia e proporcionar liquidez adicional. Dissolver a Valepar proporcionaria vantagens/ganhos fiscais”, ressalta o analista do Citi.

O BTG Pactual disse em um email enviado a clientes que a “potencial melhora na governança seria positivo e poderia levar a um re-rating dos múltiplos da Cia para perto de seus peers”. Em um cálculo comparativo com a Rio Tinto e BHP, que operam a um nível de 7 a 7,5 vezes o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) esperado para 2017, e a Vale a 6 vezes, uma normalização poderia resultar em uma alta de 30%.

As ações da Vale operam em queda forte no pregão desta quinta-feira.

Veja a íntegra do comunicado da Vale:

19/01/2017

Vale esclarece sobre acordo de acionistas

Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 2017 – A Vale S.A (Vale) esclarece que não há qualquer discussão ou deliberação no âmbito da Vale sobre eventual unificação das ações de sua emissão. 

Além disso, após consultar da Valepar S.A., fomos informados que: 

a) A Valepar S.A. foi informada pela Litel Participações S.A., Litela Participações S.A., Bradespar S.A., Mitsui & Co., Ltd. e BNDES Participações S.A. – BNDESPAR, tendo em vista a notícia publicada no jornal Valor Econômico de 18.01.2017, que estão em tratativas com objetivo de elaborar um novo acordo de acionistas para vigorar após o término da vigência do atual. 

b) Todas as condições do eventual acordo, como prazo de vigência, bem como uma possível proposta de reestruturação societária e aperfeiçoamento da estrutura de governança da Vale, ainda estão em negociação e, tão logo sejam definidas, serão prontamente levadas ao conhecimento do mercado.

Leia mais sobre: , ,

Última atualização por - 05/11/2017 - 14:08

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto