Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Vale tem lucro líquido de US$ 2,23 bilhões no 3º trimestre

26/10/2017 - 10:16

Com impulso do preço do minério de ferro, a Vale atingiu um lucro líquido de US$ 2,23 bilhões no terceiro trimestre deste ano, quase quatro vezes maior do que o visto no mesmo período do ano anterior. No segundo trimestre deste ano o lucro havia sido de US$ 16 milhões.

“O desempenho do terceiro trimestre mostra melhorias na realização de preço e nos resultados iniciais da abordagem de gerenciamento matricial de custos. Além disso, a rigorosa disciplina na alocação de capital terá impacto direto nos fluxos de caixa futuros”, destaca o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, no documento que acompanha o demonstrativo financeiro da mineradora.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no intervalo de julho a setembro foi a US$ 4,192 bilhões, alta de 41% ante o mesmo período de 2016 e crescimento de 53,6% ante o visto entre abril e junho deste ano.

A receita operacional líquida foi a US$ 9,05 bilhões no período analisado, expansão de 34,5% em relação ao observado no terceiro trimestre do ano passado e de 25% em relação ao visto no intervalo imediatamente anterior.

Impulso

O preço do minério de ferro praticado pela Vale no terceiro trimestre foi de US$ 67,2 a tonelada, ante um valor de US$ 50,95 tonelada na média de julho a setembro de 2016 e de US$ 51,35 a tonelada de abril a junho deste ano.

“A Vale está focada na maximização de suas margens e, ao avançar os estoques para o exterior, está bem posicionada para gerenciar a produção e as vendas de minério de baixa e alta qualidade”, destaca no documento o diretor executivo de Minerais Ferrosos e de carvão da Vale, Peter Poppinga.

No intervalo de julho a setembro deste ano, a Vale atingiu uma produção recorde de minério de ferro, com um volume de 95,111 milhões de toneladas, aumento de 3,3% em relação ao observado no mesmo período do ano passado. Ante o trimestre imediatamente anterior, a expansão foi de 3,6%.

Dívida líquida

A dívida líquida da Vale no terceiro trimestre deste ano caiu 19% para US$ 21,066 bilhões. Em relação ao trimestre imediatamente anterior a queda foi de cerca e 5%. O diretor executivo de Finanças da Vale, Luciano Siani, comenta que a queda da dívida acelerará no último trimestre deste ano e deverá encerrar 2017 em um intervalo entre US$ 15 bilhões e US$ 17 bilhões.

“Tradicionalmente (o quarto trimestre) é um trimestre muito forte em termos de venda e recebimentos, e, além disso, assinaremos o Project Finance do Corredor de Nacala no dia 22 de novembro de 2017, com o recebimento acima de US$ 2 bilhões”, destaca o executivo, no documento que acompanha o demonstrativo financeiro da mineradora brasileira

Com a queda da dívida e aumento da geração de caixa, a alavancagem da mineradora brasileira atingiu 1,6 vez, ante um índice de 3,7 vezes no mesmo intervalo do ano passado e de 1,9 vez no trimestre imediatamente anterior. O índice anotado no fim de setembro significa que a dívida líquida da companhia é coberta pela geração de caixa de cerca de 19 meses. O fluxo de caixa livre da Vale foi de US$ 1,438 bilhão no terceiro trimestre deste ano.

A Vale frisa, no documento, que está focada na redução de sua alavancagem. A queda da dívida no período, explicou, ocorreu principalmente devido ao repagamento líquido da dívida de US$ 2,874 bilhões no intervalo analisado, o que foi parcialmente compensado pelos efeitos da valorização do real na dívida da companhia. O aumento da taxa de câmbio, conforme o documento, ampliou a dívida em reais, quando convertida para dólar, em US$ 667 milhões.

Os vencimentos da dívida foram alongados. O prazo aumentou para 8,4 anos no fim de setembro, ante 8,1 anos em junho deste ano e 7,7 anos no mesmo intervalo do ano passado. “O aumento do prazo médio de vencimento e custo da dívida foi resultado, principalmente, do programa de gestão de dívida no 3T17, no qual a Vale resgatou seus Bonds com vencimento em 2019 e recomprou parte de seus Bonds com vencimento em 2020, consequentemente reduzindo a dívida bruta e futuras despesas financeiras, assim como reduzindo as amortizações nos anos de 2019 e 2020”, detalha a Vale no documento citado.

Resultado financeiro

A Vale teve ganho financeiro de US$ 220 milhões no terceiro trimestre deste ano, ante uma perda de US$ 1,041 bilhão no mesmo intervalo do ano passado e ante uma perda de US$ 1,339 bilhão no segundo trimestre deste ano.

Última atualização por - 05/11/2017 - 13:52

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto