Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Varejo: Lojas Americanas e Pão de Açúcar devem ser os destaques da safra de balanços

23/07/2020 - 15:49
Segundo a Ágora Investimentos, os resultados do segundo trimestre podem ser um direcionador positivo para o Grupo Pão de Açúcar, visto que os balanços anteriores não agradaram muito (Imagem: Money Times/Lucas Simões)

Nessa nova temporada de resultados, a Lojas Americanas (LAME4) e o Pão de Açúcar (PCAR3) devem apresentar os melhores números do setor de varejo, avaliou a Ágora Investimentos.

O desempenho do varejo de alimentos tem se mostrado bastante resiliente, influenciado pelas restrições de deslocamento social para conter a pandemia de covid-19.

“Esperamos que os varejistas de alimentos tenham um trimestre forte, tanto nos formatos de varejo (hipermercados, supermercados, e-commerce e proximidade) quanto no Cash & Carry (atacado de autosserviço)”, afirmaram os analistas Richard Cathcart e  Flavia Meireles. “O crescimento das vendas foi claramente impulsionado pela formação de estoque por parte dos consumidores, mais refeições em casa e aumento da inflação dos preços dos alimentos”.

A corretora ainda disse que os resultados do segundo trimestre podem ser um direcionador positivo para o Grupo Pão de Açúcar, visto que os balanços anteriores não agradaram muito.

A Guide Investimentos também direcionou sua preferência para o Pão de Açúcar em vez do Carrefour (CRFB3), pois, além de maiores vendas nas mesmas lojas, especialmente pelo Assaí, a primeira companhia mostrará um desempenho melhor no geral, enquanto o segundo nome seguirá mostrando fortes números das vendas nas mesmas lojas no segmento de varejo.

Comércio eletrônico

A atenção também deve recair sobre a performance das empresas no e-commerce.

“O comércio eletrônico será a parte de destaque dos resultados do setor e acreditamos que as taxas de crescimento serão acompanhadas de perto pelos investidores para avaliar quais empresas foram capazes de alavancar o aumento da demanda com mais eficiência. Claramente, as plataformas online terão o trimestre mais forte em termos absolutos”, comentaram Cathcart e Meireles.

A Ágora estima um crescimento de 264% do volume bruto de mercadoras no comércio eletrônico para Via Varejo (VVAR3), 135% para Magazine Luiza (MGLU3) e 78% para B2W (BTOW3).

Para as vendas da Arezzo (ARZZ3) e da Centauro (CNTO3), a corretora tem expectativa de quedas em torno de 50%. Já o Burger King (BKBR3) deve sentir um baque de 60%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 23/07/2020 - 15:50