Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Veja a carteira de ações “Not Bad” para esta semana

25/11/2019 - 11:00
B3 Mercados
Na parte de ações, William Castro Alves aproveitou a alta recente da BRAP3 para zerar o resquício que ainda tinha (Imagem: B3/Youtube)

Por William Castro Alves, economista e especialista em mercados internacionais – acompanhe em “Bugg

CARTEIRA

Vamos lá report básico da semana…

Zerei uma posição que tinha em uma ação, por isso o aumento do caixa na comparação com semana passada…agora somo um total de 6% de caixa. Fora isso minha posição no exterior diminuiu pela perda q tive num ativo com um resultado mais fraco que o esperado….acontece (ps: não abro minha carteira de investimentos no exterior…escolha minha).

Mensagem: será que o Dólar a R$ 4,20 veio para ficar?

“Dólar a R$ 4,20 veio para ficar!”…frase de Luis Eduardo Assis ex-diretor de política monetária do Banco Central Brasileiro.

Na sua visão, não há motivos para o Banco Central brasileiro atuar, pois a inflação se mostra controlada e o câmbio nesse patamar favorece as exportações brasileiras. Ademais, segundo ele, o fundamento econômico aponta para isso. Que fundamento tem sustentado a moeda nesses patamares?

Vou citar alguns: (i) juros baixos no Brasil atrai menos investidores que no passado, ou seja, menos dólares entrando; (ii) recente leilão de áreas de exploração do pré-sal não foi bem sucedido, ou seja, menos dólares entrando no Brasil; (iii) convulsão social na América Latina alimenta o receio de contágio para o Brasil; (iv) falta de avanço nas reformas preocupa; (v) temos visto um movimento global de valorização do dólar frente a moedas de países emergentes, em especial da América Latina.

Será que é melhor já ir se acostumando com isso?

AÇÕES

Na parte de ações aproveitei a alta recente da BRAP3 para zerar o resquício que ainda tinha… em linha com a mudança desse mês da #notbad, conforme já tinha comentado a respeito….como vocês sabem, gosto de concentrar e não ter uma carteira muito cheia de ativos, ainda que isso implique em “correr mais risco” ou ter uma volatilidade maior na carteira (ps: entendo que risco é não saber o que se está fazendo…investir sem conhecer os ativos…isso é risco para mim).

Fora isso tivemos resultado e 1 fato relevante que acho que valem comentários…

  • SHUL4entendo que poucos olham os números da SHUL4, pois caso olhassem o papel deveria valer pelo menos uns 30% a mais! Olhando contra o 3T18, as Receitas cresceram 8%, Ebitda 10% e lucro beneficiado por uma questão tributária cresceu 37%. No ano, o crescimento é maior ainda, algo que acho muito representativa considerando que economia ainda não retomou fortemente, ou que temos a expectativa de que ande mais em breve. Fora isso, guardada a ressalva que o próximo trimestre é tradicionalmente mais fraco, a empresa tem se mostrado otimista com a demanda futura….tanto que vem expandindo capacidade produtiva. Com bom caixa, dívida controlada, bem tocada e negociando a 6x EV/Ebitda pra 2020 e um P/L de 8x, sigo achando ela mal precificada e vejo upside no papel.
  • SLCE3: empresa soltou fato relevante informando algumas coisas sobre a safra….custos aumentaram 5%, algo ruim se tu considerar que a área plantada caiu 1.9%, mas se parar para pensar, 5% é pouca coisa mais que inflação….fora isso informaram que a produtividade subiu bem, algo muito bom….como eles conseguem eu não sei, dado que os níveis de produtividade das lavouras da SLC já são beeeemmm altos. Fora isso informaram os dados de hedge…achei bom o valor do algodão (principal gerador de caixa para companhia)….hedge feito acima do valor que hoje vemos no mercado para a commodity. Essa semana também teve relatório de um bancão chamando atenção que, talvez, o pior momento para a empresa já passou. #oremos!

#NOTBAD

Sem comemorações precipitadas…só termina quando acaba! Mês está sendo bom, mas ainda temos 1 semana.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 25/11/2019 - 11:00

Cotações Crypto
Pela Web