Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Veja a carteira de ações “Not Bad” para esta semana

06/01/2020 - 11:33
William Castro Alves, do Bugg, manteve a composição da carteira para esta semana (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

CARTEIRA 

Mudar a alocação?

Ano novo carteira nova? Nada disso….Quem disse isso? Por que eu deveria mudar a minha alocação?

Já comentei algumas vezes aqui, mas a meu ver mudanças de alocação entre classes de ativos (ex: mais ou menos bolsa na carteira) tem a ver com sua idade, sua capacidade de suportar oscilações, sua capacidade de poupança e equacionamento de orçamento mensal. Essas coisas não mudam do dia pra noite ou simplesmente com a mudança de ano.

Veja que a estrutura da minha carteira de 1 ano atrás pouco se alterou (post de 1 ano atrás).

Sigo com 36 anos, bem equacionado financeiramente em relação as minhas contas, super capaz e disposto a correr riscos e com foco no longo prazo…por isso sigo com 84% alocado em ações no Brasil, 13% nos EUA e com 3% de caixa/reserva de emergência.

Meus objetivos para 2020 são:

  • Alcançar 30% alocado no exterior –> comecei 2019 com apenas 2% alocado no exterior e fui aumentando…queria ter alcançado 20%…câmbio deu uns sustos  e eu acabei não atingindo esse objetivo;
  • Alcançar retorno de carteira de 20% –> alcancei mais que isso em 2019 graças a uma excelente performance da parcela alocada em ações.
  • Realizar aportes mensais –> falhei nesse objetivo ao longo de 2019….foi um ano de muitas mudanças na minha vida e confesso que não consegui manter a disciplina.

Acho importante ter seus objetivos financeiros…atingir 1 MM … ter uma renda mensal de “R$ x” … seja qual for … estabeleça objetivos para sua carteira!

AÇÕES 

O que mudou da semana passada para cá? Nada, apenas o fato de que TODOS papéis da minha carteira performaram muito bem essa semana…até a Braskem (BRKM5)! Rs. Sobre ela, essa semana tivemos um fato relevante (clique aqui para acessar) que pondera o seguinte:

(i) Ao invés de R$ 3.7 BI para custear os possíveis dispêndios com os problemas de Alagoas a a conta ficou em R$ 2.7 BI … ou seja, R$ 1 BI a menos!

(ii) Redução dos valores de seguro garantia apresentados pela empresa…ao invés de R$ 6.4 BI para R$ 3 BI!

Bom? Não, pois ainda estamos falando de dispêndios gigantescos e consumo de caixa.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Ruim? Longe disso, afinal o mercado é regido por expectativas…em suma o que o Fato Relevante nos diz é que reduziu o tamanho do rombo potencial para a Braskem; mais que isso, começa a dar uma definição para a situação da empresa, o que a meu ver por si só já é bastante positivo.

Papel reagiu bem…vamos ver se mantém. Salvação para ela ainda é uma possível venda. Cenário para Petroquímicos ainda não é dos melhores…ainda assim, penso que uma venda, se ocorrer será num preço bem maior que o de tela. Tenho estado errado pelos últimos 12 meses, mas sigo com ela.

Como podem ver eu não fiz mudança alguma da semana passada para cá.

No mais irei executar as alterações da #NOTBAD ao longo dos próximos dias, cumprindo meu compromisso com vocês….ou seja, colocar o meu dinheiro nos papéis que estão na carteira.

Abaixo o gráfico de performance acumulada até aqui. As datas de compras de cada ativo são: SLCE3 em maio; SHUL4 em junho; MYPK3 em Outubro; COGN3 em novembro; BBAS3 em agosto; BRKM5 em janeiro…todos de 2019.

#NOTBAD

Foi um ano SENSACIONAL para essa carteira! E o melhor de tudo é que coloco o meu dinheiro em cada ativo dela! Comento mais no post específico da carteira.

Última atualização por Diana Cheng - 06/01/2020 - 11:48