Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Veja as ações e os fundos de ações mais escolhidos pelos grandes investidores em junho

16/07/2020 - 13:51
Bradesco BBDC4
Em junho, as ações de bancos se destacaram entre as mais investidas pelos grandes investidores, seguindo a tendência do mês anterior (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

O Big Data SmartBrain revela o ranking das 10 ações e dos 10 fundos de ações prediletos dos grandes investidores em junho. O estudo é feito com base em 210 mil extratos de investimentos que são processados diariamente na plataforma de consolidação de investimentos da fintech, somando mais de R$ 120 bilhões.

Retomando o contexto, no mês passado, o Ibovespa subiu 8,76% aos 95.055 pontos, mas ainda acumulando uma queda de -17,80% no ano.

O índice avançou em junho principalmente com um certo otimismo diante das reaberturas graduais das principais economias do mundo e por estímulos e injeção de liquidez de governos e bancos centrais. Além disso, notícias promissoras sobre testes de vacinas contra o coronavírus contribuíram para o ritmo positivo da Bolsa.

No entanto, a volatilidade continuou intensa e, do lado negativo, os principais fatores que pesaram foram a tensão política no Brasil e o embate comercial entre os Estados Unidos e a China.

Veja agora as 10 ações mais investidas em junho:

TOP Ação Rent. mês Rent. ano Rent. 12 meses Rent. 24 meses Rent. 36 meses
1 BBDC4 9,31 -36,69 -36,19 10,5 20,02
2 ITSA4 8,48 -29,49 -20,54 21,17 46,8
3 BBAS3 4,25 -38,4 -38,35 21,16 33,53
4 VVAR3 23,47 37,06 201,97 159,96 282,56
5 PETR4 5,95 -28,6 -19,47 33,29 85,56
6 ITUB4 10,52 -29,24 -25,69 7,17 24,34
7 MGLU3 11,34 50,3 172,1 351,09 1718,3
8 VALE3 5,51 4,92 10,33 18,17 105,86
9 COGN3 25,67 -42,17 Início em 11/10/2019 Início em 11/10/2019 Início em 11/10/2019
10 BRFS3 -8,08 -39,6 -27,98 18,11 -45,77

(Fonte: Big Data SmartBrain)

Em junho, as ações de bancos se destacaram entre as mais investidas pelos grandes investidores, seguindo a tendência do mês anterior. As ações do Bradesco (BBDC4) prosseguiram em primeiro lugar no ranking de preferência. Já as do Banco do Brasil (BBAS3) passaram do segundo para o terceiro lugar e as do Itaú (ITUB4), da quarta para a sexta posição.

As ações da Itaúsa (ITSA4), holding que controla o Itaú, também foram muito escolhidas para as carteiras, subindo do terceiro para o segundo lugar entre as favoritas.

Segundo analistas, não há dúvidas de que a crise do coronavírus vem impactando as atividades bancárias devido à retração da economia como um todo, ao aumento da inadimplência e das provisões – tudo isso em um cenário de Selic baixa.

No entanto, eles avaliam que as instituições financeiras são resilientes e bem preparadas em termos de estratégias para superar essa fase conturbada da covid-19. Apesar de projetarem quedas nos lucros e no Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) destes três grandes bancos em 2020 – não seria o caso de prejuízos, e eles veem um horizonte mais positivo, a partir da gradual reabertura do comércio e dos serviços e a recuperação da economia. Portanto, consideram que os valores potenciais das ações desses bancos têm espaço para andar.

As varejistas Via Varejo (VVAR3) e a Magalu (MGLU3) voltaram a ser procuradas. No mês passado, a Via Varejo, dona das marcas Casas Bahia e Ponto Frio, fez uma oferta subsequente de ações (follow on), levantando R$ 4,45 bilhões, um fortalecimento para a sua estrutura de capital. Os agentes de mercado seguem otimistas com as medidas de turnaround, incluindo melhorias nas operações, canais digitais e a redução de endividamento da companhia, que vem sendo implementadas pelo seu CEO, Roberto Fulcherberguer. De acordo com analistas, a Magalu segue como uma das empresas que se saíram melhor na crise, com avanço no seu e-commerce.

No setor de commodities, as ações da Vale (VALE3) e da Petrobras (PETR4) constam no ranking das favoritas desde o início do ano.

A Vale tem sido recomendada principalmente porque economia da China, seu importante mercado, tem dado sinais de recuperação com a reabertura das atividades, após o período mais crítico da pandemia e o preço do minério de ferro está acima de US$ 100 a tonelada. Além disso, a mineradora está descontada em relação às suas principais concorrente internacionais.

Já a Petrobras, mantém bons fundamentos. A companhia reduziu os custos de extração e produção de petróleo e realizou desinvestimentos em áreas menos estratégicas. A petrolífera está sendo beneficiada pela recuperação do preço do petróleo no mercado internacional.

Na área de educação, a Cogna (COGN3), dona das marcas Kroton, Saber e Vasta, foi muito indicada em junho e figurou entre as mais compradas pelos grandes investidores, assim como em maio. A Cogna já tinha apresentado um crescimento de 28% no ensino à distância (EAD) no primeiro trimestre deste ano e, com a crise da Covid-19, conseguiu colocar rapidamente a maioria dos alunos em EAD, pois todos já tinham interações no ambiente digital. A companhia está preparada para expansão em EAD, se beneficiando ainda de uma Selic baixa.

Em junho, as ações da Brasil Foods (BRFS3) voltaram para o ranking de preferências. Apesar do prejuízo no primeiro trimestre, a companhia vem apresentando crescimento de volume em todos os segmentos, especialmente das exportações de frango para a Ásia. A empresa é favorecida pelo aumento dos preços das proteínas animais no contexto global.

Deixaram a lista das Top 10 o ETF BOVA11, que segue o Ibovespa, e as ações da JBS (JBSS3) e da IRB Brasil (IRBR3).

Agora, veja os 10 Fundos de Ações preferidos em junho:

TOP Fundo Gestor Rent. mês Rent. ano Rent. 12 meses Rent. 24 meses Rent. 36 meses
1 ARX INCOME FIA ARX INVESTIMENTOS 8,88 -12,28 6,8 47,79 84,51
2 INDIE FIC FIA INDIE CAPITAL 12,71 -11,85 16,31 65,69 98,52
3 BRASIL CAPITAL 30 FC FIA BRASIL CAPITAL 12,26 -20,05 1,46 50,8 70,24
4 MOAT CAPITAL FIC FIA MOAT CAPITAL 12,72 -11,42 9,27 63,39 128,36
5 EQUITAS SELECTION FC FIA EQUITAS 13,52 -25,21 -2,52 55,69 74,84
6 BTG PACTUAL ABSOLUTO LS FIC FIA BTG PACTUAL 3,74 3,03 9,82 30,47 45,61
7 KAPITALO TARKUS FC FIA KAPITALO 6,25 -20,94 -6,25 36,07 Início em 6/11/2017
8 ALASKA BLACK INSTITUCIONAL FIA ALASKA INVESTIMENTOS 6,66 -16,98 3,79 25,23 118,67
9 AZ QUEST AÇÕES FC FIA AZ QUEST INVESTIMENTOS 9,88 -17,76 -3,83 27,38 65,07
10 AZ QUEST TOP LONG BIASED FC FIA AZ QUEST INVESTIMENTOS 6,58 -20,31 -0,35 34,07 87,35

(Fonte: Big Data SmartBrain/obs: todos fundos de investimentos apresentados no estudo são abertos. Foram excluídos do levantamento os fundos exclusivos e os dedicados a determinados grupos e family offices)

Conforme o Big Data SmartBrain, nove fundos de ações que constavam entre os Top 10 em maio continuaram em junho, apesar de mudanças nas suas colocações.

O ARX Income FIA passou do décimo para a primeiro lugar. Já o Indie FIC FIA e o Brasil Capital 30 FC FIA mantiveram-se, respectivamente, na segunda e na terceira posições.

A novidade foi o retorno do Alaska Black Institucional FIA. E o Constellation Institucional FC FIA foi o fundo que deixou o ranking.

No mês passado, todos os 10 fundos favoritos tiveram performances positivas, de 3,74% (BTG Pactual Absoluto LS FIC FIA) a 13,52% (Equitas Selection FC FIA).

Mas, no ano, apenas o BTG Pactual Absoluto LS FIC FIA acumulada desempenho positivo, de 3,03%. Os demais tiveram quedas de -11,42% (Moat Capital FIC FIA) a – 25,21 (Equitas Selection FC FIA).

Você pode testar algumas ações e fundos de ações na sua carteira, usando o simulador do Money Times, powered by SmartBrain. Essa é uma forma prática de você entender sua tolerância ao risco e planejar novas estratégias.

Por SmartBrain

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Diana Cheng - 16/07/2020 - 13:51