Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Veja o perfil de quem busca empréstimo no Brasil, de acordo com pesquisa

Diana Cheng
30/01/2019 - 18:46
(Pixabay)

Um estudo realizado pela unidade de pesquisas do IQ 360, do grupo Red Ventures, revelou que o número de brasileiros que buscam empréstimos vem crescendo exponencialmente, fator decorrente da crise econômica. Sabendo disso, a empresa traçou o perfil que procura reequilibrar as finanças usando o empréstimo como possível saída.

+ Veja aqui quais são as pequenas gigantes da Bolsa que podem te ajudar a transformar centavos em milhões

Baseada em simulações realizadas na ferramenta IQ Empréstimos, a pesquisa chegou à conclusão de que 47% das buscas foram feitas por assalariados. Os autônomos, funcionários públicos, aposentados e desempregados representaram, respectivamente, 34%, 8%, 7% e 3% do total.

Dentre os motivos destacados pelos usuários, o pagamento de dívidas foi a resposta mais frequente, representando 48%. Para 17%, a principal razão é a abertura de novos negócios. Outros 10% responderam que precisam do empréstimo para reformar o imóvel.

O índice de negativados buscando empréstimos chega a 49% do total de acessos, composto em sua maioria por aposentados ou desempregados, com 59%.

“A análise de perfil do usuário é importantíssima”, afirma Antônio Rocha, CEO do IQ. “Ela aumenta as chances de um cliente ter o perfil aprovado e economiza tempo ao buscar um empréstimo”.

Justificativas para solicitação de empréstimo

Os três principais motivos que levam os usuários a pedirem dinheiro emprestado são: abertura de novos negócios, com destaque para autônomos, representando 29% do total; tratamento médico e ajuda a familiares; e compras e consertos.

Rocha destaca que empréstimos podem se tornar boas opções, contanto que o usuário encontre o produto ideal para ter a aprovação da financeira. “Na contramão do que muitos pensam, solicitar um empréstimo não precisa ser uma ação burocrática ou penosa. Se utilizado da maneira correta, o recurso ajuda na reorganização e no planejamento de uma vida financeira saudável”, diz o CEO.

Informações online

O medo da liberação de informações ainda é grande. 69% dos usuários não permitem que a conta bancária seja conectada para a avaliação do crédito. Rocha, porém, diz que é importante permitir o acesso a tais dados. “Perguntas como ‘aceita conceder acesso para sua internet banking’ podem aumentar as chances de a pessoa ser aprovada”, afirma. E acrescenta: “Esse tipo de informação é totalmente segura, pois é somente uma leitura dos dados. As informações pessoais são mantidas em sigilo”.

O levantamento foi realizado entre maio de 2017 e novembro de 2018 e reuniu respostas de 270 mil pessoas.

Última atualização por Gustavo Kahil - 30/01/2019 - 18:46

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto