Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Covid-19: 30% dos moradores da região Sudeste mudaram planos de viagem para julho, mostra pesquisa

02/08/2020 - 10:01
Turismo Aeroporto Coronavírus Máscaras
Os destinos nacionais mais procurados estão localizados na região Nordeste e no interior de São Paulo (Imagem: Reuters/Ricardo Moraes)

Três em cada dez moradores da região Sudeste precisaram cancelar ou adiar a viagem de férias em julho devido à pandemia de covid-19, revelou a pesquisa do iq. Dentre as pessoas que tinham planos de viajar, 48% pretendiam usar milhas no planejamento das férias, enquanto 22% não elaboraram um plano para a viagem.

“O fato de quase metade dos respondentes ter declarado utilizar milhas para comprar viagens demonstra que o planejamento das férias é um item importante para as finanças pessoais dos consumidores”, afirma Fernando Iodice, especialista em finanças pessoais e cofundador do iq.

De acordo Iodice, as pessoas passaram a levar em consideração as viagens menos turísticas e mais pautadas em experiências imersivas.

“É natural que, diante de todas as limitações e medidas de distanciamento social impostas pelo contexto da pandemia, os planos sejam adiados até que o momento seja mais adequado e seguro para realizar uma viagem que atenda a todas as expectativas”, complementa o especialista.

Os destinos nacionais mais procurados estão localizados na região Nordeste e no interior de São Paulo. Para viagens internacionais, países da América do Sul e do Norte são os mais citados pelos viajantes.

Sobre a pesquisa

O levantamento teve como objetivo traçar o comportamento do brasileiro em relação ao turismo no mês de julho. Foram ouvidas 1.030 pessoas entre 18 e 55 anos, sendo 63% do gênero masculino e 37% do feminino. Do total de respondentes, 59% são residentes da região Sudeste. Residentes de outros 22 estados também participaram da pesquisa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Coronavírus, Pesquisas, Turismo

Última atualização por Diana Cheng - 29/07/2020 - 17:36