Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Vivo corta preços e aumenta internet para reter clientes, avalia Credit Suisse

04/02/2018 - 15:15
A estratégia da Vivo é uma resposta para o crescimento da concorrência Foto: (Money Times)

A Vivo (VIVT4) está cortando preços e elevando a qualidade da internet para reter clientes, avalia o Credit Suisse em um relatório enviado a clientes na última sexta-feira (2). Segundo a análise, a estratégia é uma resposta para o crescimento da concorrência.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Segundo os analistas Daniel Federle, Felipe Cheng e Juan Pablo Alba, a tendência de revisões nos planos devem se intensificar em 2018 e desacelerar o crescimento das receitas no segmento móvel. A Vivo elevou o plano de internet para o pós-pago de 4gb a 6gb para 5 gb a 8gb sem mudanças nos preços.

Leia também: Tim atrai 1 milhão de clientes pós-pago no 4º trimestre 

O banco avalia que essas alterações revelam que um crescente número de clientes prefere pagar menos para manter o nível de dados antigo a pagar mais para uma internet que talvez eles não precisem.

“Colocando as coisas em perspectiva, os consumidores agora podem obter um plano de 5gb com a Vivo por R$ 100 ao mês (contra R$ 200 um ano atrás) e de 8 gb por R$ 150 ao mês (contra R$ 370 um ano atrás)”, explica o Credit Suisse.

No segmento pré-pago, o plano controle tem oferecido uma estratégia “mais por mais”. Os preços subiram R$ 4 a R$ 5, mas também elevaram a oferta de dados e os minutos limitados foram oferecidos para todos os planos. “Um ambiente favorável no segmento de controle deve permitir que as receitas continuem crescendo, mas a um ritmo mais lento”, concluem os analistas. A recomendação é neutra e o preço-alvo é de R$ 56.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 05/02/2018 - 20:54

Cotações Crypto
Pela Web