Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Votação: Indisciplina da base deve subir para 30%, calcula Pulso Público

24/10/2017 - 20:50

O presidente Michel Temer deverá sobreviver à votação da segunda denúncia na Câmara, na quarta-feira (25), mas com um saldo de votos inferior ao da primeira vez. A avaliação é da consultoria política Pulso Público, que vê como baixa a probabilidade de retomada da agenda econômica por conta da proximidade das eleições de 2018.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Em agosto, Temer contabilizou 263 votos favoráveis ao arquivamento, com uma “indisciplina” da base levemente superior a 25%. Desta vez, calcula a Pulso em seu cenário mais provável, os votos “não” na base do governo devem subir para 30%, “considerando PSB, Podemos, PV, e PPS como partidos fora deste grupo, mas mantendo o PSDB na situação”.

Com isso, o somatório de votos “sim” entre os partidos da base, com ausências e abstenções, deverá se situar perto de 230, prevê a consultoria. Por trás da piora do desempenho, a Pulso cita a “toxicidade eleitoral de Temer” com a proximidade de 2018, o desgaste no relacionamento com partidos da base (Democratas) e o maior desequilíbrio na composição dos ministérios.

Para que a denúncia seja aceita, os adversários de Temer precisam reunir 342 votos. Ao Planalto, portanto, resta reunir uma soma de 172 votos a favor, ausências ou abstenções.

Quanto ao day after da provável vitória de Temer, a Pulso destaca a influência cada vez maior das eleições de 2018 no processo legislativo.

“Com o governo limitado em sua capacidade de dominar a agenda legislativa e o fim do processo de reforma política, há mais espaço para a aprovação de propostas que atendam a grupos de interesse específicos e com temas que ficam, costumeiramente, à margem da agenda prioritária”, diz análise macro assinada por Vitor Oliveira, cientista político e diretor da Pulso Público.

Última atualização por - 05/11/2017 - 13:53

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto