Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Votorantim e CPPIB têm aval para aquisição de projetos eólicos da Casa dos Ventos

16/03/2020 - 13:47
Energia eólica
A VRTM já possuía uma opção de compra dos empreendimentos (Imagem: REUTERS/Andres Stapff)

Uma joint venture entre a Votorantim Energia e a administradora de fundos de pensão canadense CPPIB recebeu autorização do órgão antitruste Cade para aquisição de 14 projetos eólicos no Nordeste do Brasil.

O negócio, fechado junto ao fundo de investimentos em participações Salus, controlador da desenvolvedora de projetos Casa dos Ventos, foi aprovado sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), segundo publicação no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

A VRTM, associação entre a Votorantim e os canadenses, defendeu a transação como “uma oportunidade para desenvolvimento de novos projetos no mercado de energia, ampliando sua atuação no segmento de matriz eólica na região Nordeste do país, de modo a agregar valor e sinergia aos seus negócios”, mostraram documentos entregues ao Cade.

A aquisição envolve projetos em desenvolvimento e ainda não operacionais em Piauí e Pernambuco que totalizam capacidade instalada de 419 megawatts.

A VRTM já possuía uma opção de compra dos empreendimentos, após ter fechado ainda no final de 2017 uma primeira aquisição de um parque eólico da Casa dos Ventos, em negócio que envolveu à época ativos operacionais.

Atualmente, a associação entre Votorantim e CPPIB possui ativos eólicos no Brasil com 563,7 megawatts em capacidade, de acordo com parecer do Cade sobre o negócio com a Casa dos Ventos.

As empresas também controlam em conjunto a elétrica Cesp, após terem vencido em meados de 2018 um leilão de privatização da empresa realizado pelo governo paulista.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Bruno Andrade - 16/03/2020 - 13:47