Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Votorantim retoma exportações de alumínio com câmbio favorável

14/08/2020 - 12:45
Alumínio Aço Commodities Indústria Siderurgia
A Companhia Brasileira de Alumínio pode exportar 10% da sua produção de alumínio primário neste ano, disse Malacrida (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

A unidade de alumínio da Votorantim retomou as exportações do metal em meio à alta do dólar frente ao real, o que torna o produto mais competitivo no exterior.

O maior produtor nacional da commodity assinou novos contratos com clientes nos Estados Unidos e na China para entregar alumínio em 2020 e 2021, disse em entrevista o diretor financeiro da Votorantim, Sergio Malacrida.

Os primeiros embarques ocorreram no segundo trimestre, o que ajudou a compensar a fraca demanda do mercado interno devido à pandemia.

A Companhia Brasileira de Alumínio pode exportar 10% da sua produção de alumínio primário neste ano, disse Malacrida.

Empresas como a Alcoa investiram bilhões de dólares na produção de alumínio no Brasil para aproveitar o baixo custo da energia hidrelétrica. Mas anos de seca elevaram as tarifas de energia e obrigaram fundições a reduzirem capacidade, e algumas até passaram a vender eletricidade em vez de metal.

A energia responde por metade dos custos de produção do metal refinado em fundições.

Além do suporte da taxa de câmbio, as exportações de alumínio também foram impulsionadas pela significativa queda dos custos de energia, um efeito da desaceleração da economia. Malacrida disse que é improvável que essa confluência de fatores se torne uma tendência de longo prazo.

“Não vejo o Brasil se tornando exportador líquido de alumínio primário”, disse. E ainda não está claro se as exportações da empresa manterão o volume em 2021 em comparação com o esperado neste ano.

“Podemos ter mais concorrentes, pois muitos produtores no Brasil podem desviar suas operações para o alumínio primário”, afirmou. Além disso, a recuperação econômica poderia elevar as tarifas de energia e tornar a taxa de câmbio menos favorável, disse Malacrida.

Mesmo com o aumento das exportações, o Ebitda ajustado no segmento de alumínio caiu 53% no segundo trimestre em relação ao ano anterior. A unidade de cimento na América do Norte mostrou o melhor desempenho entre as empresas do grupo Votorantim, com salto de 49%.

A Nexa Resources, subsidiária de mineração do conglomerado, foi a mais afetada pela pandemia, com Ebitda 66% menor no segundo trimestre.

Em meados de março, as paralisações causadas pela pandemia interromperam as operações de mineração da Nexa no Peru, Colômbia e Argentina. Embora as operações tenham sido gradualmente retomadas, nesta semana o Peru estendeu a quarentena, disse Malacrida.

Como resultado, a Votorantim, que também controla a gigante de suco de laranja Citrosuco, registrou redução dos resultados operacionais e deterioração das métricas financeiras.

“No entanto, mantivemos nossa classificação de grau de investimento, apesar de todo o cenário adverso”, disse Malacrida. “Isso mostra a força do nosso perfil de crédito.”

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 14/08/2020 - 12:45

Pela Web