Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Vulcabras fecha acordo com Alpargatas para comprar operação da Mizuno no Brasil

21/09/2020 - 10:31
Mizuno
A avaliação base do negócio é de aproximadamente R$ 200 milhões, fundamentada no montante de seu capital de giro (Imagem: Facebook/Mizuno)

A Vulcabras (VULC3) fechou acordo com a Alpargatas (ALPA3) para a compra da unidade de negócio relativa à operação da marca ‘Mizuno’ no Brasil, pela qual pagará 32,5 milhões de reais, de acordo com fato relevante das duas companhias.

A unidade compreende os ativos (excluindo os industriais) e as atividades de comercialização dos produtos Mizuno (incluindo e-commerce e as lojas operados exclusivamente sob a marca), bem como a relação contratual com a Mizuno Corporation.

A estrutura de pagamento prevê que os recebíveis não serão transferidos para a Vulcabras, enquanto a Vulcabras irá pagar o valor estimado de 32,5 milhões de reais, sendo 10 milhões de reais até o fechamento da operação e o valor remanescente em até 5 dias úteis após a determinação do valor final, ajustado pelo estoque a ser apurado no momento do fechamento do negócio.

“O fechamento da operação está sujeito ao cumprimento de determinadas condições precedentes, incluindo a segregação de tal unidade de negócio em uma nova sociedade, a assinatura entre Vulcabras e Mizuno Corporation de um contrato de distribuição e a aprovação da operação junto ao Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência, e apenas acontecerá após o cumprimento destas”, disse a Alpargatas.

Ainda segundo a Alpargatas, a avaliação base do negócio é de aproximadamente 200 milhões de reais, fundamentada no montante de seu capital de giro.

Segundo a Vulcabras, enquanto operado pela Alpargatas, o negócio Mizuno teve receita operacional líquida de aproximadamente 444 milhões de reais no exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2019.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 21/09/2020 - 10:31