Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

EUA: Tecnologia pressiona Wall Street em meio a salto de casos de coronavírus

24/07/2020 - 12:46
Mercados Wall Street NYSE
O S&P 500 recuou de uma máxima em cinco meses na quinta-feira (Imagem: Reuters/Brendan McDermid)

Os principais índices de Wall Street caíam nesta sexta-feira, com tensões entre Estados Unidos e China e temores sobre o aumento de casos de Covid-19 prejudicando o sentimento dos investidores e levando o S&P 500 a apagar a alta semanal.

As ações de tecnologia eram o maior obstáculo em todos os três principais índices, com Apple (AAPL), Amazon.com (AMZN) e Microsoft (MSFT) –que tiveram papel crucial na recuperação do mercado acionário nos últimos meses– recuando entre 0,8% e 1,9%.

O índice de tecnologia caía 1,6%, mais do que qualquer outro setor do S&P.

Por três dias seguidos até quinta-feira os Estados Unidos registraram mais de 1.100 mortes relacionadas ao novo coronavírus, que infectou cerca de 4 milhões de norte-americanos.

O S&P 500 recuou de uma máxima em cinco meses na quinta-feira, pressionado por perdas nas ações de tecnologia, um aumento surpreendente nos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA e o impasse em Washington sobre medidas de estímulo.

“A questão persiste sobre como a recuperação manterá seu ritmo à medida que os casos de vírus continuam a subir”, disse Keith Buchanan, gestor de portfólio da GLOBALT Investments em Atlanta.

O sentimento foi golpeado no início do dia depois que Pequim ordenou que Washington fechasse seu consulado na cidade de Chengdu, dias depois que os EUA ordenaram o fechamento do consulado chinês em Houston.

Às 12:46 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,31%, a 26.568 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,672506%, a 3.214 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,97%, a 10.359 pontos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 24/07/2020 - 12:49