Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Wall Street recua por preocupações com inflação e alta de rendimentos

22/02/2021 - 13:07
Wall Street; bolsas americanas, mercados
Às 12:45 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,04%, a 31.482 pontos (Imagem: REUTERS/ Andrew Kelly)

Os índices acionários dos Estados Unidos recuavam nesta segunda-feira, uma vez que os crescentes rendimentos dos Treasuries e perspectivas de aumento da inflação geravam preocupações com os valores das ações, afetando papéis de grandes empresas ligadas ao crescimento.

As ações de Apple Inc (AAPL), Microsoft Corp (MSFT), Facebook Inc (FB), Alphabet Inc, Tesla Inc (TSLA), Netflix Inc (NFLX)e Amazon.com (AMZN) retomaram a queda da semana anterior, caindo entre 0,6% e 2,1%.

Uma série de balanços corporativos favoráveis do quarto trimestre levou os índices de Wall Street a máximas recordes na semana passada, mas o rali perdeu força, por temores de potenciais obstáculos nos esforços de vacinação e preocupações com alta da inflação devido às medidas de estímulo.

“Como os investidores antecipam, eles estão se preparando para um potencial aumento na inflação agora”, disse Sam Stovall, estrategista-chefe de investimento da CFRA Research.

[TOKENS NFT] A nova febre das criptomoedas. Clique aqui e saiba quais tokens NFT podem decolar em 2021.

“A maioria das ações de crescimento se beneficia da queda da taxa de juros. Se a expectativa é de os juros subirem, isso reduziria o valor intrínseco das ações de crescimento.”

Os rendimentos dos Treasuries de dez anos já alcançaram 1,3940%, acima da marca psicológica de 1,30%.

Às 12:45 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,04%, a 31.482 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,654515%, a 3.881 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 1,47%, a 13.671 pontos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 22/02/2021 - 13:07

Pela Web