Empresas

Xiaomi tem queda de 18,9% na receita do 1º tri

24 maio 2023, 11:53 - atualizado em 24 maio 2023, 11:53
Xiaomi
A empresa cortou os preços de vários de seus modelos na Índia e na China na esperança de estimular a demanda (Imagem: REUTERS/Aly Song)

A Xiaomi divulgou nesta quarta-feira uma queda de 18,9% na receita trimestral, conforme a demanda de consumidores por smartphones permaneceu fraca, mesmo com a recuperação da economia pós-pandemia.

As vendas no primeiro trimestre de 2023 atingiram 59,5 bilhões de iuanes, abaixo dos 73,35 bilhões no mesmo trimestre do ano anterior, quase em linha com as estimativas de analistas de 59,43 bilhões de iuanes.

O lucro líquido, porém, aumentou 13,1% ano a ano, a 3,23 bilhões de iuanes.

  • Entre para o Telegram do Money Times! Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo. Clique aqui e faça parte!

O setor de smartphones da China como um todo não experimentou uma recuperação durante o período. As vendas totais naquele país caíram 11% no primeiro trimestre de 2023, informou a empresa de pesquisa Canalys em abril. As vendas da Xiaomi no período encolheram 20%.

A Índia, que já foi o principal mercado da empresa no exterior, também se mostrou menos lucrativa para a fabricante de smartphones. As vendas totais de smartphones caíram 20% em todas as marcas no primeiro trimestre, e rivais como a Samsung corroeram a participação da Xiaomi.

A empresa cortou os preços de vários de seus modelos na Índia e na China na esperança de estimular a demanda.

A Xiaomi está investindo no setor automotivo em uma tentativa de diversificar além dos smartphones. A companhia planeja iniciar a produção em massa de seu primeiro carro no primeiro semestre de 2024.

Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.