Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

XP: Aumento da tributação da Vale é possível após tragédia de Brumadinho

22/07/2019 - 10:34
Analistas ponderam possível elevação na tributação do setor (Fernando Frazão/Agência Brasil)

A XP Investimentos publicou relatório nesta segunda-feira (22) avaliando o desenrolar das investigações da ANM (Agência Nacional de Mineração) sobre as causas do rompimento da barragem da Vale (VALE3) em Brumadinho.

A corretora destaca que as investigações deverão ser prorrogadas por mais 180 dias diante do prazo original de agosto deste ano. O novo prazo ficou definido para 2020.

Dentre as razões para a prorrogação, segundo a XP Investimentos, surgem questões como a complexidade do caso e a dificuldade de acessar a área do desastre.

Aumento possível

Diante do ocorrido, os analistas acreditam que “o aumento da tributação é possível após tragédia de Brumadinho, o que já trouxe volatilidade às ações”.

Por fim, a corretora não espera “resultado tão significativo quanto os 40% de Participação Especial, dado que inviabilizaria o setor mineral no Brasil”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Mercados, Vale

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 22/07/2019 - 10:34