Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

XP estreia carteira de small caps com 5 ações para maio

03/05/2021 - 18:19
Anima Educação
De acordo com a XP, a Ânima está bem posicionada no setor de educação (Imagem: Facebook/Anima Educação)

A XP estreou a sua carteira de small caps com cinco ativos, mostra relatório enviado a clientes.

Small caps são companhias que possuem capitalização de mercado inferior a R$ 10 bilhões com grande capacidade de apresentar desempenho acima do Ibovespa.

Veja as recomendações:

Empresa Código
Ânima ANIM3
Aura Minerals AURA33
Jalles JALL3
Lavvi LAVV3
Grupo Soma SOMA3

 

Ânima é a melhor da educação

De acordo com a XP, a Ânima (ANIM3) está bem posicionada no setor de educação já que seu foco em qualidade deve continuar sustentando o crescimento da base de alunos e receita com ticket médios altos.

“Também prevemos um contínuo crescimento de margem na medida em que a companhia evolui na implementação do seu modelo acadêmico híbrido. Além disso, a recém aprovada aquisição do Grupo Laureate no Brasil deve trazer importantes ganhos de sinergia à Ânima”, completa.

Aura Minerals tem perceptivas sólidas de crescimento

Para a XP, a Aura Minerals (AURA33) deverá divulgar resultados muito bons após mais um forte relatório de produção (67 mil onças de ouro equivalente).

“O principal destaque é o maior preço de cobre compensando parcialmente a queda no preço do ouro. Acreditamos que a empresa esteja bem posicionada para aproveitar os benefícios de seu plano de expansão e destravar valor quando declarar novos recursos e reservas”, aponta.

Lavvi
A corretora avalia que Lavvi está bem posicionada para se beneficiar do ciclo positivo para o segmento de alta-renda nos próximos anos (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Toque de agro: Jalles Machado

Na visão da XP, a Jalles (JALL3) é um dos melhores players do setor de açúcar e etanol e maior exportador de açúcar orgânico do mundo.

“Soma-se a isso o bom momento das commodities agrícolas, com preços altos tanto para açúcar quanto etanol frente ao aumento na demanda, além dos desafios para aumentar a produção diante de um cenário climático mais complicado para esta safra”, afirma.

Ainda de acordo com os analistas, em função do IPO recente, o valor da empresa se encontra descontado ante a São Martinho (SMTO3).

Lavvi está bem posicionada

A corretora avalia que Lavvi (LAVV3) está pronta para se beneficiar do ciclo positivo para o segmento de alta-renda nos próximos anos (juros imobiliários nas mínimas históricas, demanda aquecida por imóveis e forte apetite dos bancos para concessão de crédito imobiliário).

“Adicionalmente, vemos a ação negociando a um valuation atrativo de 1.5x P/VP (vs. retorno sobre PL estabilizado de aprox. 20%)”, afirma.

Grupo Soma para somar

A XP afirma que a Grupo Soma (SOMA3) está bem posicionada para consolidar o mercado de vestuário de luxo e tem espaço para crescer organicamente e potencial de geração de valor através de iniciativas operacionais.

“Além disso, esperamos uma dinâmica de resultados de curto prazo sólida mesmo durante um cenário de mobilidade mais restritivo”, completa.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 03/05/2021 - 18:19

Pela Web