Carteira Recomendada

XP inclui Magazine Luiza e BR em carteira recomendada semanal

05 fev 2021, 21:14 - atualizado em 05 fev 2021, 21:14
Magazine Luiza
Na semana, a carteira ficou 0,69% abaixo do Ibovespa (IBOV), que subiu 4,58% (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A XP realizou duas alterações em sua carteira recomendada de ações publicada nesta sexta-feira (5).

Dessa forma, saíram Equatorial (EQTL3) e Movida (MOVI3) para a entrada da BR Distribuidora (BRDT3) e Magazine Luiza (MGLU3).

Na semana, a carteira ficou 0,69% abaixo do Ibovespa (IBOV), que subiu 4,58%.

Veja os comentários: 

BMGB4: “está em tendência de alta favorecendo teste dos R$ 6,25 ou expansão para R$ 7,64. Tem suportes em R$ 5,58 e R$ 5,15”.

BRDT3: “após  correção até 50% de Fibonacci favorece retomada dos R$ 24,28 ou expansão para R$ 26,60. Tem suportes em R$ 22,40 e R$ 20,50”.

LAME4: “segue perto da média de 21 dias em R$ 24,45 o que favorece recuperações na direção dos R$ 26,50 ou R$ 29,00”.

VALE3: “está perto da correção de Fibonacci. Favorece retomada dos R$ 103,00 ou R$ 119,00. Tem suportes em R$ 57,50 e R$ 84,78”.

MGLU3: “fez uma correção até 50% de Fibonacci. Favorece retomada dos 27,00 ou expansão para R$ 29,50. Tem suportes em R$ 24,75 e R$ 22,58”.

Veja o portfólio:

Empresa Ticker Peso
BMG BMGB4 20%
BR Distribuidora BRDT3 20%
Vale VALE3 20%
Magazine Luiza MGLU3 20%
Lojas Americanas LAME3 20%

Editor-assistente
Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, cobre mercados desde 2018. Ficou entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia e Finanças das edições de 2022 e 2023. É editor-assistente do Money Times. Antes, atuou na assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho e como repórter do portal Suno Notícias, da Suno Research.
Linkedin
Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, cobre mercados desde 2018. Ficou entre os 50 jornalistas +Admirados da Imprensa de Economia e Finanças das edições de 2022 e 2023. É editor-assistente do Money Times. Antes, atuou na assessoria de imprensa do Ministério Público do Trabalho e como repórter do portal Suno Notícias, da Suno Research.
Linkedin