Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

XP indica novo fundo imobiliário em carteira recomendada para outubro; veja o portfólio

30/09/2020 - 13:23
A XP reforçou a cautela sobre o segmento de shopping centers por conta do nível de incerteza em relação à possibilidade de uma segunda onda do coronavírus no Brasil (Imagem: Unsplash/@mostafa_meraji)

A XP Investimentos atualizou sua carteira de fundos imobiliários para outubro. Levando em consideração a tendência de alta dos índices de inflação e a performance do setor em setembro, a corretora resolveu trocar um ativo do portfólio: RBR Alpha Fundo de Fundos (RBRF11) por VBI Prime Offices (PVBI11).

A XP destacou a qualidade dos ativos do VBI Prime Offices, bem como a localização privilegiada dos imóveis na cidade de São Paulo.

“Acreditamos que o fundo está bem posicionado para a retomada do mercado de escritórios, eventual aumento do aluguel real, reajuste de IGP-M nos contratos de aluguel (100% dos contratos indexados a IGP-M). Adicionalmente, o fundo deve começar a distribuição de dividendos nesse mês e, ainda, possui aproximadamente R$ 160 milhões em caixa que poderá ser alocado em futuras aquisições”, disse o analista Renan Manda.

Shopping centers

A distribuição dos segmentos na carteira foi alterada. Agora, 37,5% do portfólio está exposto a Recebíveis, 25% a Logística, 17,5% a Lajes Corporativas, 10% a Híbridos e 10% a Shopping Centers.

Considerando o nível de incerteza em relação à possibilidade de uma segunda onda do coronavírus no Brasil (como está acontecendo na Europa), a XP reforçou a postura de cautela sobre as operações dos shoppings.

“Devido ao risco de uma nova onda de contaminação que implique em novas medidas de quarentena, fechamento de shopping centers e medidas sanitárias, os preços dos fundos imobiliários de shopping centers sofreram uma correção em relação ao mês anterior. Em razão das incertezas quanto a uma possível segunda onda do vírus no Brasil e do seu reflexo na recuperação econômica, continuamos conservadores em relação ao segmento de shopping centers”, explicou Manda.

Fundo Ticker Segmento Peso Dividend yield anualizado
RBR High Grade RBRR11 Recebíveis 12,50% 6%
Capitânia Securities CPTS11 Recebíveis 15% 9,3%
CSHG Recebíveis HGCR11 Recebíveis 10% 5,6%
XP Log XPLG11 Ativos logísticos 15% 5,4%
Vinci Logística VILG11 Ativos logísticos 10% 5,5%
XP Malls XPML11 Shoppings 10% 2,1%
CSHG Real Estate HGRE11 Lajes Corporativas 12,50% 5,3%
VBI Prime Offices PVBI11 Lajes Corporativas 5% ND (estimativa de 5,5%)
CSHG Renda Urbana HGRU11 Híbridos 10% 6,4%

Em setembro, o Índice de Fundos Imobiliários (IFIX) registrou retorno de 0,08%, enquanto o XPFI, índice geral de fundos imobiliários da XP, subiu 0,44%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 30/09/2020 - 14:01