Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Vitreo DTVM

XP substitui Marfrig por Petrobras em carteira recomendada para dezembro

01/12/2020 - 12:05
Petrobras
Na avaliação dos analistas da XP Investimentos, existe uma assimetria de risco-retorno nas ações da Petrobras (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A XP Investimentos retirou a Marfrig (MRFG3) da carteira recomendada de ações para dezembro. O motivo, explicou a corretora, é a pressão de curto prazo com os altos preços do gado. Além disso, a empresa frigorífica pode ver um enfraquecimento da demanda no mercado doméstico.

A visão de longo prazo, no entanto, permanece positiva para a companhia pelo aumento da demanda global por carne bovina.

Para substituir a Marfrig, a XP incluiu Petrobras (PETR4) no portfólio. Na avaliação dos analistas, existe uma assimetria de risco-retorno nas ações da estatal.

“A companhia está conseguindo gerar caixa mesmo em um ambiente de preços de petróleo baixos”, destacou a XP. A recuperação dos preços de petróleo só reforçaria o otimismo dos analistas sobre a Petrobras.

A resiliência da Petrobras pode ser explicada pelo aumento da produtividade de ativos de pré-sal, pelas notícias animadoras sobre as vacinas para a Covid-19 e pelo plano estratégico de desinvestimentos da companhia.

Em apresentação divulgada ontem, a Petrobras disse que prevê desinvestimentos entre US$ 25 bilhões e US$ 35 bilhões de 2021 a 2025 (contra uma estimativa na faixa de US$ 20-30 bilhões do plano anterior).

Dentre os ativos que a empresa planeja vender estão oito refinarias e fatias na Braskem (BRKM5), na BR Distribuidora (BRDT3) e na distribuidora de gás Gaspetro.

Em novembro, a carteira da XP valorizou 9,4%. O Ibovespa apresentou maior retorno no mesmo período, de 15,9%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 01/12/2020 - 12:05