ImóvelTimes

5 fundos imobiliários a ‘preço de banana’ para apostar com Selic a 12,75%

10 out 2023, 11:00 - atualizado em 07 out 2023, 17:09
fundos imobiliários fiis imóveis
Os fundos imobiliários mais desvalorizados de 2023 lideram levantamento da Órama dos mais baratos (Foto: Flávya Pereira/Money Times)

Os fundos imobiliários mantêm o desempenho positivo ao longo deste ano, com o índice referência do setor na B3, o Ifix, alcançando a maior sequência de ganhos mensais desde 2019, de seis meses seguidos.

O ambiente é propício aos FIIs enquanto o mercado financeiro doméstico precifica mais quedas da taxa básica de juros (Selic), agora em 12,75%.

No entanto, mesmo com a valorização do índice, há muitos fundos imobiliários que estão baratinhos. Sendo assim, investidores podem avaliar se é hora de comprar essas cotas tentando garantir bom retorno com dividendos, oferecido por esses fundos.

  • OS MELHORES FUNDOS IMOBILIÁRIOS PARA INVESTIR EM OUTUBRO: Essa carteira é uma ótima oportunidade para buscar lucros este mês. Assista ao Giro do Mercado aqui e veja a seleção.

Fundos imobiliários baratinhos desabam em 2023

O ranking “Quem tá barato?”, da Órama Investimentos, mostra que o fundo que mais se desvalorizou em setembro é justamente o que apresenta preço de banana. Trata-se do Hectare CE (HCTR11).

Depois dele, o fundo híbrido Tordesilhas EI (TORD11) é que tem um dos melhores desempenhos na relação entre rentabilidade e desconto. Não é à toa que os dois FIIs são os que mais despencam em 2023 entre os listados no Ifix.

A atual edição do ranking da casa de investimentos aponta que o HCTR11 obteve 11,12 pontos, ante 5,12 pontos no levantamento de setembro.

O FII ainda apresentou retorno com dividendos (dividend yield) de 29,43% nos últimos 12 meses, mais que o dobro da atual taxa Selic (em 12,75%). Além disso, o Hectare CE exibe preço sobre valor patrimonial (P/VP) de 0,26.

No recorte por segmento, puxado pelo HCTR11, os fundos de recebíveis (CRIs) foram os que mais subiram no levantamento, com todos os cinco FIIs exibindo alta.

Enquanto os híbridos (tijolo/desenvolvimento – grupo do TORD11), três fundos tiveram crescimentos nos pontos. Por outro lado, a pontuação de todos os fundos dos segmentos shoppings e fundos de fundos caiu.

Métricas da nota dos fundos imobiliários

Por meio da análise de métricas quantitativas, a Órama distribui notas para todos os fundos imobiliários com liquidez média diária acima de R$ 300 mil. Assim, quanto mais alta a pontuação do fundo em relação aos demais, maior o potencial de oportunidade, diz a corretora.

Desta forma, as pontuações são elaboradas a partir do dividend yield (DY) dos últimos 12 meses e da relação entre preço e valor patrimonial (P/VP), o que beneficia FIIs que têm desconto em suas cotas. Ou seja, estão mais baratos.

O P/VP é o indicador que mostra quanto o preço da cota negociado na bolsa está em relação ao valor patrimonial do fundo. Caso esse número seja maior que um, a cota do fundo negocia com um prêmio em relação ao valor ‘justo’ da sua carteira. Todavia, a cota do fundo imobiliário é negociada com um desconto.

Portanto, a Órama destaca que o levantamento não é uma recomendação de investimento, mas uma ferramenta quantitativa com base nos números dos últimos 12 meses.

Veja os FIIs baratos e com bom retorno com dividendos

Fundo Ticker DY (12 meses) P/VP Pontuação
HECTARE CE HCTR11 29,43% 0,26 11,12
TORDESILHAS EI TORD11 14,98% 0,16 9,17
VERSALHES RECEBÍVEIS VSLH11 23,07% 0,31 7,34
DEVANT RECEBÍVEIS DEVA11 22,38% 0,41 5,52
XP PROPERTIES XPPR11 9,38% 0,30 3,09

Repórter
Jornalista mineira com experiência em TV, rádio, agência de notícias e sites na cobertura de mercado financeiro, empresas, agronegócio e entretenimento. Antes do Money Times, passou pelo Valor Econômico, Agência CMA, Canal Rural, RIT TV e outros.
Linkedin
Jornalista mineira com experiência em TV, rádio, agência de notícias e sites na cobertura de mercado financeiro, empresas, agronegócio e entretenimento. Antes do Money Times, passou pelo Valor Econômico, Agência CMA, Canal Rural, RIT TV e outros.
Linkedin