Ação da Camil (CAML3) derrete mais de 10% com custos pressionando margens

Lucas Eurico Simões
14/01/2022 - 12:16
Camil Arroz CAML3
Trimestre da Camil foi marcado pela queda de 18,8% no preço do arroz (Imagem: Reprodução)

A Camil (CAML3), conhecida popularmente por sua marca de arroz, tem um dia de forte queda nesta sexta-feira (14), após divulgar resultados do terceiro trimestre de 2021 que não agradaram o paladar do mercado.

A Ativa Investimentos, apesar de recomendar a compra da ação, reconhece que as margens da Camil seguem pressionadas pelo aumento de custos das matérias-primas. A corretora estima preço-alvo de R$ 12.

Por volta do meio-dia, as ações ordinárias da Camil tombavam 11,95%, negociadas a R$ 9,73 cada. No mesmo instante, o Ibovespa (IBOV) subia 0,28%, com 105.824,37 pontos.

“A despeito do bom repasse no segmento de açúcar, o trimestre foi marcado pela queda de 18,8% no preço do arroz, principal produto da companhia. Além disso, o feijão também sofreu leve redução de preço de 0,2%”, adverte o analista Sergio Berruezo, que assina o relatório.

A Camil reportou um lucro líquido de R$ 120,5 milhões no terceiro trimestre de 2021, queda de 6,9% na comparação com o mesmo período de 2020.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 14/01/2022 - 13:09

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web