Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

AES quer acelerar expansão no Brasil após acordo com BNDES por AES Tietê

29/07/2020 - 22:07
O executivo confirmou ainda que a AES pagará 17,15 reais por ação no negócio fechado com o BNDESPar (Divulgação: Facebook da AES Tietê)

A norte-americana AES Corp pretende acelerar a expansão de sua unidade de energia renovável no Brasil, AES Tietê (TIET11), após ter chegado nesta semana a um acordo com o BNDES para a compra de parte das ações do banco estatal na companhia que envolveu cerca de 1,27 bilhão de reais.

O crescimento da AES Tietê focará possíveis aquisições de ativos eólicos, podendo aproveitar eventuais oportunidades surgidas com a crise do coronavírus, e a busca por contratos de longo prazo para desenvolver usinas de geração limpa que atendam diretamente à demanda de clientes, disse à Reuters nesta quarta-feira o chefe da AES na América do Sul, Julian Nebreda.

O executivo confirmou ainda que a AES pagará 17,15 reais por ação no negócio fechado com o BNDESPar, o que representa um total de 1,265 bilhão de reais por 18,5% do capital social da AES Tietê.

“A operação confirma nossa confiança no mercado brasileiro, na economia do Brasil e nas oportunidades que o mercado brasileiro oferece. O modelo da Tietê representa o futuro do setor elétrico e é o que a AES quer fazer globalmente”, disse Nebreda, em conversa por vídeo-conferência.

Após a conclusão do negócio, a AES Tietê deverá migrar para o segmento de listagem Novo Mercado da bolsa paulista B3 (B3SA3), que exige padrões mais elevados de governança corporativa e determina que as empresas devem ter apenas ações ordinárias em circulação, com direito a voto.

Nebreda disse que essa migração deverá envolver a conversão de todas ações da geradora em ordinárias, com possibilidade de que detentores de papéis preferenciais recebam o mesmo número de papéis ordinários.

“Nós vamos para o Novo Mercado com uma relação de troca de um para um… os termos de troca não vão ter desconto, nem prêmio”, afirmou.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Bruno Andrade - 29/07/2020 - 22:07