Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

AES Tietê cobra da Eneva informações “básicas” para avaliar proposta de fusão

25/03/2020 - 22:29
O conselho de administração da empresa controlada pela norte-americana AES se reuniu nesta quarta-feira (Imagem: Reuters/Rodrigo Garrido)

A elétrica AES Tietê (TIET11) enviou correspondência para a Eneva (ENEV3) nesta quarta-feira solicitando mais uma vez informações consideradas básicas e necessárias para a análise de proposta de fusão de negócios apresentada no início do mês, informou a companhia em comunicado ao mercado.

O conselho de administração da empresa controlada pela norte-americana AES se reuniu nesta quarta-feira, com a participação de assessores legais e financeiros da companhia, bem como os integrantes do grupo de executivos designados para coordenar as atividades de avaliação da proposta para a operação.

“Nessa reunião o Conselho de Administração tomou ciência da extensão das informações faltantes para a correta avaliação da operação, inclusive a estrutura societária pretendida pela Eneva para sua implementação”, disse a AES no comunicado.

“Tal informação, embora solicitada de forma reiterada desde a apresentação da proposta, não foi disponibilizada pela Eneva até o momento.”

Na reunião desta quarta-feira, o conselho da AES estabeleceu ainda a continuidade do plano de trabalho para a avaliação da proposta, sempre assumindo que a documentação necessária será recebida, disse a empresa.

A companhia informou também que “a Eneva solicitou lista de acionistas da AES Tietê, porém sem o correto embasamento legal para tanto, o que foi explicado aos seus assessores e documentado em correspondência enviada na noite de ontem (terça-feira)”.

A Eneva apresentou a proposta de fusão de negócios com a AES Tietê em 1° de março. O negócio envolveria cerca de 6,6 bilhões de reais, com 2,75 bilhões de reais em dinheiro e o restante em ações.

Veja o comunicado:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Gustavo Kahil - 25/03/2020 - 22:29