Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

AgRural volta a reduzir projeção para safrinha de milho de 19/20 do Brasil por seca

08/06/2020 - 14:39
Milho
A projeção anterior da empresa para a chamada safrinha da região era de 66,7 milhões de toneladas (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

A previsão da consultoria AgRural para a segunda safra de milho 2019/20 do centro-sul do Brasil –onde a maior parte do cereal é cultivada– foi reduzida pela terceira vez consecutiva nesta segunda-feira, para 65,3 milhões de toneladas, diante dos danos causados pela seca persistente.

A projeção anterior da empresa para a chamada safrinha da região era de 66,7 milhões de toneladas. A segunda safra representa anualmente 75% da produção total de milho do Brasil.

O Paraná sofre as maiores perdas até este momento, embora todos os Estados produtores tenham produtividades reduzidas por causa das chuvas escassas, disse a AgRural.

A produção total de milho segunda safra do Brasil deve atingir 69,4 milhões de toneladas em 2019/20, segundo a AgRural, que combinou suas projeções para o centro-sul com as estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para as regiões Norte e Nordeste.

No ano passado, a produção total da safrinha foi de 73,2 milhões de toneladas, de acordo com a consultoria.

Até a última quinta-feira, 1% da segunda safra do centro-sul havia sido colhida, abaixo dos 5% verificados em igual período do ano anterior, acrescentou a AgRural.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Leia mais sobre: Agronegócio, Milho, Paraná, Reuters, safras

Última atualização por Renan Dantas - 08/06/2020 - 14:39